domingo, 8 de abril de 2018

Os motivos da prisão de Lula. Artigo de Jasson de Oliveira Andrade


Como o habeas corpus a favor de Lula foi negado pelo Supremo, por uma contagem mínima (6x5), ele se entregou e se encontra preso. A prisão dividiu o Brasil: a maioria lamentou. Maioria, sim, conforme comprova as pesquisas Datafolha e Ibope. Mauricio Dias, em sua coluna na revista CartaCapital comenta: “LULA LÁ – É curioso o argumento levantado pelos adversários de Lula de que ele é rejeitado pela sociedade. As pesquisas indicam o contrário. Caso ele dispute a eleição, pode ganhar até mesmo no primeiro turno”. Já uma minoria barulhenta, com o apoio da mídia escrita e falada, vibrou!

Qual foi o motivo da condenação de Lula, que culminou com a sua prisão? Moro o condenou porque, segundo ele, Lula é dono do tríplex do Guarujá. No entanto, o juiz não apresentou provas. A condenação deu-se pelo ACHOMETRO. O juiz ACHA que o apartamento é dele, uma argumentação jurídica muito fraca. Lula, em São Bernardo do Campo, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, rodeado de uma multidão, declarou em discurso: “Sou o único ser humano processado por um apartamento que não é meu. A Polícia Federal da Lava Jato mentiu (sic) que era meu, o Ministério Público mentiu dizendo que era meu e eu pensei que o (juiz Sérgio) Moro ia resolver e ele mentiu dizendo que era meu e me condenou a 9 anos de cadeia”. É a primeira vez que uma pessoa (Lula) é condenada pelo argumento ACHOMETRO. Todos acham que ele é o dono e fim de papo: cadeia nele... Como o Imposto de Renda agora exige que se declare a metragem da casa, fui olhar a minha escritura. Na capa, em letras garrafais, consta: SE NÃO TEM ESCRITURA NÃO É DONO. No caso do tríplex NÃO TEM ESCRITURA. Portanto, LULA NÃO É DONO DELE. Mesmo assim foi condenado e está preso!

Guilherme Boulos e Manuela D’Ávila, em artigo à FOLHA, sob o título “Um atentado à Democracia”, observaram: “A decisão apequenada do Supremo de legitimar até aqui uma medida inconstitucional, como é a prisão em segunda instância antes do trânsito em julgado, ameaça a presunção de inocência e o direito à ampla defesa de todo cidadão. Sem falar em mais uma ilegalidade do juiz Sérgio Moro ao expedir um mandado de prisão antes de se esgotarem todos os recursos. (Lula) foi condenado SEM PROVAS; seu julgamento em segunda instância foi ACELERADO só para inviabilizar sua candidatura, buscando resolver as eleições no tapetão do judiciário. (...) É um escárnio ter um mandado de prisão contra Lula sem que haja nenhuma prova que o comprometa, ao mesmo tempo em que Temer foi flagrado em gravações nada republicanas no PORÃO do Palácio e seu assessor direto foi FILMADO correndo com MALAS de dinheiro nas calçadas de São Paulo. Ou ainda Aécio Neves, que teve seu pedido ESCANDALOSO de dinheiro a Joesley Batista ouvido por todos os brasileiros, chegando a insinuar a morte de um possível delator de seus crimes. Temer segue no Planalto e Aécio, no Senado. DE UM LADO, PROVAS SEM PUNIÇÃO; DO OUTRO, PUNIÇÃO SEM PROVAS”. Comentar o que?

Outro motivo de sua prisão, em minha opinião, é a sua popularidade. Se Lula tivesse apenas 1% nas pesquisas e se nas manifestações de rua, como aconteceu no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, houvesse somente dez ou quinze manifestantes, Lula não seria condenado e preso. Essa é a verdade. Como as pesquisas apontam que ele tem mais votos do que todos os outros candidatos juntos e no ABC tivemos uma multidão, estes são, na realidade, os motivos de sua condenação e prisão.

É lógico que a imprensa escrita e falada teve uma influência enorme na impopularidade de Lula. Ela não diz, mas insinua que o ex-presidente é um ladrão, um corrupto. Tenho ouvido várias pessoas repetirem essa insinuação: Lula é ladrão e corrupto! Ouvi de um deles: que maravilha a prisão dele, argumentando essas duas falsas acusações. Como revelei, a condenação e prisão se devem ao ACHOMETRO e não a CORRUPÇÃO OU ROUBO. Sobre a imprensa, no referido comício do ABC, Lula disse: “Outro sonho de consumo deles [mídia] é a fotografia do Lula preso. Eu fico imaginando o tesão da VEJA colocando a capa minha preso [realmente a capa de revista traz a foto dele com as grades!], o tesão da Globo colocando minha fotografia preso. Eles vão ter orgasmos múltiplos.” Maurício Dias comentou sobre essa influência da mídia: “O STF hoje não resiste à pressão da mídia reacionária (sic) e selvagem. A maioria, acovardada, acomodou-se às inverdades. Foi assim que um apartamento na praia, da empreiteira OAS, tornou-se prova de um grande crime inexistente”. Foi a vitória do ACHOMETRO, repito!

A pergunta final: quanto tempo Lula ficará preso? A Justiça vai reparar esse erro jurídico? A VER...

JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe