quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Onde estão vocês, que não bateram panelas nem usaram camisas da CBF, mas reclamavam de tudo, o tempo todo, e em todos os lugares?


Os panelaços e coxinhaços ocorriam, mas eram bem esporádicos.
Por outro lado, as reclamações e discurseiras em locais como fila de banco, lotéricas, pontos dê ônibus ( e dentro de ônibus ), banco da praça, sala de espera de hospital, padarias, botecos, postos de gasolina, igrejas, enfim, na putaquepariu de todo lugar tava sempre um monte de gente reclamando o tempo inteiro. 
Sabiam sobre o aumento do preço do tomate e da gasolina.
Discorriam sobre os 14 milhões de desempregados, quando era a Gilma que governava.
Onde estão vocês agora?
E têm a cara de pau de dizer que não foram manipulados?
Vocês pararam de oferecer suas opiniões abalizadas, aquiridas em correntes de zapzap e noticiários globais, opiniões que ofereciam até em velórios, quando o momento não era conveniente.
Onde estão vocês agora?
Eu não falo dos paneleiros. 
Falo dos comuns que transformaram o cotidiano da gente num inferno interminável.
Onde estão vocês?

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe