sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Propinoduto da Globo pela transmissão da Copa

O empresário argentino Alejandro Buzarco negociava direitos de transmissão. Agora, em Nova York delata no julgamento de José Maria Marin, ex-presidente da CBF.

Buzarco delatou a Globo. Disse: a Globo pagou propina para comprar diretos de transmissão de Copas e campeonatos.

Delatou também a Televisa, gigante mexicana, a Fox, de Rupert Murdoch, a Full Play, argentina, e a espanhola Mediapro. Que negocia direitos no mercado europeu.

Em novembro de 2015, Jamil Chade lançou o livro "Política, Propina e Futebol". Jamil, correspondente do Estadão na Suíça há 18 anos.

Em fevereiro de 2016 relatamos aqui, neste espaço: a página 77 desse livro seguia invisível... (E ainda segue)...

Na página 77 a revelação de procuradores suíços: foi paga propina pelos direitos de transmissão das copas 2002 e 2006.

Naquelas Copas, direitos para o Brasil foram comprados pela Globo.

Agora Buzarco delata: a Globo teria pago propina de US$ 15 milhões pela exclusividade dos direitos para 2026 e 2030.

Licitações e resultados para 2026 e 2030 não tornados público pela Fifa. Porque sequer se escolheu onde serão tais Copas.

A Globo assegura: fez auditoria interna, nunca pagou propina e "não é investigada" no caso...

...O FBI não investiga empresas. Investiga pessoas. Não investiga a FIFA, investiga o Blatter. Não investiga a CBF, e sim Ricardo Teixeira, Del Nero, Marin...

O FBI está investigando ex-funcionários da Globo nesse setor. O principal deles, Marcelo Campos Pinto, ex-diretor que negociava pela Globo.

Todos deixaram a Globo entre 2013 e 2016. Marcelo Campos Pinto, à época da prisão de Marin pelo FBI.

Ao menos quando deixou a emissora, Campos Pinto não teria assinado termo de responsabilidade.

Das emissoras do mundo, Campos era o único que se hospedava, ao mesmo tempo, onde estavam dirigentes da FIFA: o hotel Baur Au Lac, em Zurique.

Marcelo Campos Pinto era conselheiro do Comitê de Mídia da Fifa e negociador dos direitos de transmissão para a Tv Globo.

O Jornal Nacional informou não ter conseguido falar com Marcelo Campos Pinto. E a Globo assegura que propinas não foram pagas.

Ricardo Teixeira e Del Nero seguem exilados no Brasil, intocáveis. Mas... tem o Nuzman...


.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe