domingo, 16 de julho de 2017

Ovo story





- Pois não?
- O senhor é o proprietário dessa avícola?
- Sim, doutor policial? O senhor quer alguma coisa? O ovo caipira tá com preço bom.
- É sobre ovos que eu quero falar.
- Sim?
- No domingo vai ter um casamento na Igreja da Matriz. 
- Certo. E daí?
- A filha do deputado Amílcar Caparroz é a noiva. O filho do empresário e senador Paulo Avellar Capibaribe é o noivo.
- Sei. O da reforma trabalhista. 
- Ele. 
- E eu com isso?
- O prefeito e o governador vão mandar uns soldados pra fazer a segurança na cerimônia e depois na festa.
- Tá. 
- E eles não querem surpresas. 
- Que surpresa?
- Tem uma parte do povo, a minoria, que anda meio revoltada aí, atacando casamentos.
- Ah, mas é a minoria. A maioria é pacata, trabalhadora e pacífica.
- Nós sabemos.
- Mas e daí?
- O senhor terá que fechar seu estabelecimento.
- Quando? No dia do casamento? Cai no domingo. Eu nem abro aos domingos.
- A semana inteira.
- Mas hoje é segunda.
- A partir de hoje. JÁ!
- Mas por quê?
- Os revoltados estão vandalizando. Tacando ovos nas pessoas. Coisa de comunista.
- Mas, como assim?
- Estamos convidando todos os cidadãos de bem da cidade, que revendem ovos, a contribuirem com a paz social, fechando suas portas até que os casamentos sejam celebrados. Na semana que vem, tem o casamento do filho do doutor Acepipe Alencar.
- Mas eu vou ficar no prejuízo.
- Olha, todos com quem falamos aceitaram numa boa. Só falta o senhor.
- E se eu só vendesse ovos a fregueses de confiança?
- Voce já viu como os jovens compram cigarros? Eles pedem pra algum de maior comprar pra eles. É uma forma de conseguir comprar. Com os ovos pode acontecer a mesma coisa.
- Mas...mas...eu preciso de ganhar dinheiro. Pagar as contas. Não posso controlar o uso dos ovos vendidos aqui. Puta que pariu!
- Eu estou conversando numa boa. Não queremos dar cartaz pra comunista. O senhor pode ganhar seu dinheiro depois. Mas tem que fechar essa semana.
- Mas...isso é absurdo!!! E se eu me recusar??? Puta que pariu!!!

O policial dá um chute certeiro nos ovos do granjeiro e diz, em tom ameaçador, que voltará no dia seguinte para verificar se as portas da avicola estão fechadas.

Puta que pariu de novo.

FIM

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe