Monitor5_728x90

quinta-feira, 16 de março de 2017

Vagabundos reclamam que Lula disse "pobrema", mas não falaram nada sobre o JUIZ ter dito "interviu". Decerto falam "interviu" também, e acham que estão certos. Iletrados e canalhas.



Alguém escreveu “vergonha alheia” e postou o vídeo do depoimento no Lula (soube de fonte segura, em comunicação pessoal). Destacou o momento em quem Lula disse “pobrema”. Pergunto: por que o mesmo sujeito não recortou o momento em que o juiz pergunta de Lula “interviu”? 
Eu sei por quê. “Pobrema” – como “nós vai”, “pega os peixe” etc. - é uma forma muito marcada, popular. 
Mas alguém que pretende corrigir, certamente passou por muitas aulas, nas quais se ensinou que o juiz deveria ter dito “interveio”. Além disso, deve ter sido lembrado disso muitas vezes, já que todas as listas de dicas incluem o caso, como incluem “houve” contra “houveram”, mais ou menos inutilmente. Por que não aprendeu?
Acontece que quem diz “interviu” é escolarizado; povão não diz isso - Lula talvez diga. Mas o carinha é do tipo que só tem ouvidos para as formas de cunho popular. Das usadas pela turma dele, por mais condenadas que sejam, ele passa por cima. 
Não estou caçando erros, nem querendo corrigir o juiz (mas que espetáculo deprimente!). Só quero assinalar a parcialidade da observação e a baixa percepção, que não passa do que se sabe mesmo sem ir à escola. 
É mais um bobo.


.

.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe