Monitor5_728x90

segunda-feira, 20 de março de 2017

Atores da Globo como Susana Vieira e Marcelo Serrado são responsáveis pela destruição dos direitos dos brasileiros e merecem morrer na miséria e abandono


Resposta a Marcelo Serrado: Sim, defender o golpe é ser a favor de Temer!

A rejeição a Michel Temer é tanta que ninguém quer aparecer como defensor do golpista que derrubou Dilma Rousseff e está vendendo o País e acabando com os direitos sociais e trabalhistas da população.

O mais novo “opositor” de Michel Temer é o ator global Marcelo Serrado que em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo tentou explicar que mesmo tendo apoiado o impeachment não significa que ele seja a favor de Temer, ou seja, a favor do golpe. A declaração, que virou título da matéria da colunista Mônica Bergamo, é sintomática, pois a impopularidade de Temer é praticamente unânime e qualquer associação, menor que seja com o golpista não é bem vista.

Vale lembrar que Marcelo Serrado foi um ardente defensor do golpe contra Dilma Rousseff participando das manifestações coxinhas ao lado de figuras “artísticas” como Suzana Vieira e Márcio Garcia. Em um destes protestos coxinhas ele apareceu vestindo camiseta em apoio ao juizeco Sérgio Moro. O ator da golpista Rede Globo não só participou dos atos coxinhas como convocou em vídeo os protestos. Como agora estar ligado ao presidente golpista não cai bem, ele vem com essa explicação fajuta de que não é favor de Temer. Na entrevista à Folha chegou a dizer que é de esquerda e que já fez campanha política para Lula, tudo para fugir da pecha de golpista. Também falou que não considera mais Moro um herói: “Ele é uma pessoa normal, que pode errar”. Após o golpe o ator chegou a visitar o Congresso Nacional para fazer “pesquisa de campo” para personagem político que iria interpretar em novela global. Na ocasião tirou foto com o senador Romero Jucá, um dos articuladores do golpe.

Serrado é um dos milhares de responsáveis pelo golpe e a posse do presidente golpista e também pelas medidas impostas por ele e pelos golpistas que tomaram conta do Brasil. Entre as medidas está a atual destruição da Previdência com a reforma que está para ser aprovada no Congresso.

O concreto é que Serrado, assim como outras famosos, figuras públicas e partidos como PSTU, DEM e PSDB, foram às ruas pedir a derrubada de Dilma e consequentemente a entrada de Temer em seu lugar. Não adianta, agora, que o governo golpista está com popularidade zero e mal visto pela população, dizer que não é a favor do golpe.

Vale ainda ressaltar que coincidente-mente Serrado estará no filme golpista “Polícia Federal: A lei é para todos”, justamente interpretando o Juíz Sérgio Moro. O filme é uma verdadeira operação de propaganda para aprofundar o golpe e a perseguição política ao PT, basta analisar o título que tenta colocar a ação da PF como imparcial . O filme tem total apoio da Polícia Federal que cedeu as instalações em Curitiba para a realização das filmagens e também forneceu armas, uniformes, carros, helicópteros e até mesmo aviões para as filmagens. A Polícia Federal ainda deu consultoria e todo o material necessário da operação Lava Jato para consulta da produção. Tem um orçamento milionário de R$ 15 milhões vindos exclusivamente de investidores desconhecidos, exigência contratual, sem dinheiro público. Se Serrado de fato é de esquerda como diz e não apoia o golpe só o fato de participar de um filme propaganda deste quilate já é suficiente para desmenti-lo.

Para encerrar o assunto basta ver que na entrevista à Folha Serrado disse ser a favor da Lava Jato e que não concorda com os que dizem que a operação é parcial: “tenho amigos que diziam que era perseguição. Mas aí o governo do PT caiu e a Lava Jato continuou prendendo as pessoas, e eles viram que não era isso”. Mais golpista que isso, impossível.

CAUSA OPERÁRIA

Artigo completo, com imagens e vídeo AQUI

.
.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe