Monitor5_728x90

domingo, 1 de janeiro de 2017

Feliz 2017 ( conto )



O MOMENTO: minutos antes da contagem regressiva para 2017

Joélcio pede a atenção das pessoas presentes. Ele quer fazer um discurso:

- Gente. Antes do ano virar de vez, esse ano péssimo que foi sem sombra de dúvida o pior da minha vida, e espero nunca mais ter um ano parecido, gostaria de fazer um brinde.

- Falaí.

- Hehe Como todos sabem, eu sofri um acidente seriíssimo, passei meses inconsciente numa cama de hospital, mas consegui sobreviver. Sou muito grato a isso. Tive a impressão de que recebi uma segunda chance, uma chance que qualquer outro com o meu "currículo" não teria.

As pessoas sabem do que se trata. O "currículo" de Joélcio inclui traçar a cunhada, o que provocou uma tentativa de suicídio do irmão ( felizmente não consumada ), desfalques na firma, levando-a à falência e à consequente demissão de milhares de funcionários. Estelionatos, subornos. Estacionar em vaga de idosos. O que puderem imaginar, em termos de canalhice, Joélcio fez.

- Pois bem. Um brinde a 2017. Depois da contagem regressiva, eu vou retirar a última folha do calendário, como uma cerimônia, e brindaremos o ano novo.

E vem a contagem regressiva. Joélio ao lado do calendário.

- 4...3...2...1!!!!!!

- ÊÊÊÊÊ!

- VIVA!!!!!

Joélcio retira a folha com o mês de Dezembro de 2016.

Mas algo está errado.

Em vez de aparecer Janeiro de 2017...

- Janeiro de 2016? Como assim, gente? Deve ser um erro da gráfica. hahaha Tem um calendário que peguei na farmácia. Tá aqui na pasta e...

"Janeiro de 2016"

- Mas...mas...o que está havendo?

Quando olha em volta, fica horrorizado. Os convidados haviam se transformado em caveiras vestindo panos podres. O bolo está coberto de vermes. A champanhe está quente.

Joélcio havia morrido no acidente. E não foi exatamente pro Céu que mandaram ele.


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe