domingo, 1 de janeiro de 2017

Desemprego cresce 30% e dispara depois do golpe



Segundo dados da Pesquisa Nacional por amostra de Domicílios Contínua (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas desempregadas no período, de setembro a novembro, cresceu 33,1% na comparação com o mesmo período de 2015.

Nos meses de setembro, outubro e novembro do ano passado, o índice havia ficado em 9%. A taxa de desemprego no Brasil ficou em 11,9% no mês novembro de 2016. Essa taxa é a mais elevada desde 2012.

O desemprego atingiu em novembro mais de 12 milhões de pessoas, e a tendência é que este numero cresça ainda mais no ano de 2017. Fruto da política econômica posta em marcha pelo governo golpista, com redução dos gastos públicos, cortes nos investimentos, expropriação dos salários e aposentadorias (que vai reduzir ainda mais o consumo e produção de bens e serviços populares) e com a verdadeira política de incentivo ao desemprego com redução da multa do FGTS, ampliação das jornadas para até 12h de trabalho diárias e ampliação da contratação de temporários por até 8 meses, como estatele o Projeto de Lei que o governo anunciou que vai enviar ao Congresso Nacional em fevereiro próximo.

A volta do desemprego nas manchetes dos jornais não pode ser vista como um mero detalhe. O fato de a imprensa golpista estar criticando um dos assuntos mais sensíveis de qualquer governo (o emprego) mostra claramente que há um temos e até mesmo interesse de certos setores da burguesia em se livrar do próprio governo Temer, para garantir e aprofundar a adoção de medias de ataque as trabalhadores e todo povo explorado.

Mais do nunca, fica claro que a palavra de ordem “Fora, Temer!” é bastante conveniente para os imperialistas.

Os golpistas derrubaram um governo eleito e uma de sua principais bandeiras para tal foi a crise econômica. O governo do PT foi acusado de promover uma política econômica desastrosa para o País. Porém, fica claro que o governo golpista está levando uma política deliberada de ataque à economia nacional e ao povo brasileiro.

É preciso uma luta comum, unificada, de toda a classe operária e de todos os explorados, contra o regime golpista e o conjunto de suas medidas de desemprego e exploração nacional.


.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe