domingo, 11 de dezembro de 2016

Ser honesto é um ato de heroísmo no Brasil. Por isso os coxinhas não são heróis.



A direita costuma a afirmar que ser empreendedor no Brasil é um ato heroico. É mesmo. O problema é que eles se esquecem qual o principal motivo disso. E esse é o que se oferece de prêmio ao parasita privado no Brasil, com a maior taxa de juros do mundo. Ainda se esquece que é por causa disso também que ser praticamente qualquer coisa no Brasil é um ato de heroísmo. Ser pai e mãe sabendo que vai ter que trabalhar mais e pagar saúde e educação de seu filho o resto da vida, ser policial para tomar bala de traficante de um lado e desprezo da sociedade por outro, ser professor para ganhar menos que todas as profissões de estado e ser chamado de marajá e vagabundo, ser médico de rede pública para lidar com a vida com poucos recursos, ser político bem intencionado para ser perseguido pela mídia, justiça e encarar o sistema sem o dinheiro dos canalhas. Até ser honesto é um ato de heroísmo nesse país. O Brasil não ruía porque há muitos pequenos heróis. Mas com o golpe, os canalhas venceram fragorosamente. A injustiça do rentismo, da isenção fiscal dos milionários e dos supersalários do judiciário, o cinismo de vinte anos de corrupção privada no financiamento de campanhas nos acanalhou e, finalmente, nos destruirá como sociedade. Chegou a hora de o brasileiro acertar as contas com sua hipocrisia, omissão e covardia.


.

.




.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe