Monitor5_728x90

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Aeroportos, telefones e o choro dos coxinhas

Os destemidos “coxinhas”, que foram às ruas gritar pelo “Fora Dilma” e que depositaram todas suas esperanças no Judas Michel Temer, vão adorar estas duas notícias: 1- A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou nesta segunda-feira (26) no Diário Oficial da União a permissão de reajuste das tarifas de embarques para voos domésticos e internacionais em seis aeroportos do país a partir de janeiro; 2- Já a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que as contas de telefones terão um aumento de quase 20% no início do ano. O usurpador no Palácio do Planalto, vestido de Papai Noel, continua distribuindo presentes para os que bancaram o “golpe dos corruptos”.

Segundo a Anac, os valores das taxas de embarque dos voos nacionais e internacionais serão alterados nos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro; de Cumbica, em Guarulhos (SP); Juscelino Kubitschek, em Brasília; Tancredo Neves/Confins, em Belo Horizonte; Viracopos, em Campinas (SP); e de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte. Ainda de acordo com a agência, independentemente da tarifa praticada e dos reajustes decorrentes do contrato de concessão de cada aeroporto, para voos internacionais será aplicado valor adicional do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) que corresponderá sempre a US$ 18. As alterações começam a valer a partir de 1º de janeiro de 2017.

Já o jornal O Globo, tão apreciado pelos “midiotas”, informa secamente, sem qualquer comentário crítico: “Em 2017, o brasileiro terá uma surpresa quando chegar a conta de telefone. O preço vai subir em todo o país para grande parte dos usuários de celular com planos de conta, os chamados pós-pago. Esse grupo soma mais de 77,3 milhões de linhas, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações. Em alguns casos, a alta pode chegar a quase 20%. Para o telefone fixo – com 42 milhões de linhas em funcionamento –, o aumento deve ser de até 13%, indica estimativa feita por fontes do setor”.

Ainda de acordo com o jornal, “o aumento é fruto de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de outubro, que obriga as empresas de telefonia a recolherem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o valor da assinatura básica (ou pacote de assinatura) que é cobrada ao consumidor todo mês. Para o STF, a assinatura mensal pode ser considerada um serviço, já que representa ‘a efetiva prestação do serviço de comunicação’. A decisão vale tanto para a telefonia fixa quanto para a móvel. Os índices de aumento, no entanto, vão variar, já que cada estado tem sua própria alíquota de ICMS”.

Os golpistas prometeram que a vida iria virar um paraíso com a deposição de Dilma, a presidenta eleita democraticamente pela maioria dos brasileiros. A mídia venal – agora acariciada com o aumento das verbas de publicidade – reforçou esta miragem. Antigos “urubólogos”, que só difundiam pessimismo no governo Dilma, viraram otimistas excitados do dia para a noite. Os “midiotas” acreditaram nesta conversa fiada e agora se veem no inferno. Serviram de massa de manobra. Os “coxinhas”, que viviam destilando seu preconceito contra os “pobres” nos aeroportos – “parece a rodoviária –, também terão de pagar a fatura. Com o reajuste da conta dos celulares, nem vai dar mais para postar tantas selfies com PMs nas redes sociais. A vida é dura!


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe