Monitor5_728x90

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

IMPRENSALÃO GOLPISTA CRIOU MONSTROS INSANOS Direitista louco ensandecido, doutrinado por anos pelo ódio disseminado pela imprensa brasileira, assassina filho que tentava fazer algo decente pelo país



O estudante Guilherme Silva Neto, de 20 anos, foi baleado pelo próprio pai a 1,8 km de onde eu moro. Não conhecia-o, mas tínhamos 12 amigos em comum; todas pessoas que são contra a PEC 241 e o assalto que o PSDB/PMDB fez ao poder central do Brasil. Ele foi morto de maneira premeditada pelo pai que padecia da histeria antipetista que acomete o Brasil desde 2013. O louco, ensandecido, baleou o filho cerca de dois anos após eu apanhar por ser um viado que estava andando na rua à noite com o adesivo da Dilma no peito. Vão te dizer que a morte dele não tem nada a ver com a pregação dos "pastores" anti-PT/esquerda como Diogo Mainardi, Rodrigo Constantino, Reinaldo Azevedo, Cristiana Lobo, Miriam Leitão, Alexandre Garcia, Arnaldo Jabor, William Waak, Danilo Gentili e Rachel Shehrezade, que agem a mando das doze famílias que controlam a imprensa no país. Mas o discirso dessas pessoas foi o gatilho que o pai mentalmente instável dele precisava para embarcar de corpo e alma na sua paranoia antissocialista. O estrago que um punhado de pessoas faz. Destruíram o país para colocar o PSDB/PMDB no poder e agora destroem também famílias. Fico contente, por outro lado, de ser amigo do outro punhado de pessoas que, assim como Guilherme, lutam pela solidariedade entre as pessoas. Ele continua a viver em cada um de vocês e de nós... Guilherme, presente!


...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe