Monitor5_728x90

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

TEATRÃO DO CUNHA Moro e Lava Lava Jato "imparciais"? Me avisem quando eles prenderem um tucano de alta plumagem



AGORA OS PETISTAS NÃO VÃO PODER DIZER QUE...

O jornalista não cabia em si de contentamento, quando, com carinha de astuto, pergunta: "Então, professor, não foi enterrado o ontem o argumento de que a Lava Jato é uma operação politicamente seletiva, orientada para caçar e prender petistas?".

"Isto tudo por causa da prisão de Cunha, o que até as pedras do Pelourinho sabiam que iria acontecer assim que ele fosse expulso do mandato?".

"Mas mandar prender Cunha não prova que o pau que dá em Chico também vai ao lombo de Francisco, como bem disse a mocinha da Globo News, de forma que os petistas ficaram sem argumento e vão ter que arrumar outra desculpa para desqualificar a Operação?".

"Vem cá, você não acha estranha a reiteração do 'agora os petistas não podem dizer que...`? Quando se dizia que impeachment sem crime de responsabilidade seria golpe, a tensão só se dissipava quando aparecia um ministro do STF ou um site estrangeiro que dizia que 'impeachment é previsto na Constituição` - o que supostamente 'provava' que 'agora os petistas não podem dizer que...houve golpe'. Quando o PT levou uma merecida bordoada eleitoral nas eleições municipais, os jornalativistas da Globo News pararam tudo o que estavam fazendo para celebrar que 'agora os petistas não podem dizer que houve golpe porque as eleições ratificaram o impeachment'. Agora, prendem o Cunha e temos uma nova versão do 'agora os petistas não podem dizer que...'. Não é um estranho sintoma essa necessidade de negar os argumentos de petistas? Não é sintoma de que, no fundo, há uns remorsos continuamente revisitando o antipetismo?"

"Bem, pensando assim... Mas o fato de prender Cunha não demonstra a imparcialidade da Operação?".

"Será? Sem mandato e espoliado do seu poder político, Cunha estava sem rebanho e era um moribundo político, à espera de uma sentença ou de um mandado. Não há audácia, coragem ou ousadia em chutar e mandar prender cachorro morto. Ou há?".

"Quer dizer que este fato não basta para provar a isenção de Moro e sua gente?". A voz já era de desilusão.

"Faz assim, me liga no dia em que Moro mandar prender um tucano de alta plumagem e falaremos que 'agora os petistas não vão poder dizer que...' a Lava Jato já pode ser comparada com a Mãos Limpas e que, de fato, a agenda de juízes e procuradores da Lava Jato é indiscriminadamente contra a corrupção público-privada e não em favor de uma posição política e moral e contra outra. Enquanto isso não acontecer, eu e uma porção de brasileiros continuaremos a olhar para a Lava Jato com ceticismo. Mas, na boa, se não for para ver um tucanão sendo tratado do mesmo jeito que cachorros mortos e petistas, nem me acorde para me perguntar essas coisas. Valeu?".

"Tá bom, professor", respondeu uma voz melancólica. Isso me destruiu gente. Detesto decepcionar as pessoas.

WILSON GOMES, no Facebook

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe