Monitor5_728x90

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

A Comunicação no governo Temer, por Jasson de Oliveira Andrade



Chacrinha tinha uma frase que serve para todos os governos: “Quem não se comunica, se trumbica”. É o que acontece com o governo Temer.


O Estadão (16/9), no editorial sob o título “Quem desinforma é o governo”, comenta a falta de comunicação. O jornal constata: “Se o presidente Michel Temer quer mesmo combater a desinformação, neutralizar boatos e preservar o governo de suspeitas e acusações sem fundamento, deve começar melhorando a comunicação do Executivo. Nenhum rumor sobre a redução de gastos em saúde e educação ou sobre conspiração contra os direitos do trabalhador surgiu do nada ou foi meramente inventado por detratores. Todos os mal-entendidos surgiram de confusões criadas pela equipe governamental (sic). Ministros falam na hora errada, contam histórias perigosamente incompletas, tratam de assuntos fora de sua área e agem, perante a imprensa, como se a sua primeira e maior preocupação fosse aparecer e ocupar espaço e tempo nos meios informativos. Em resumo, o governo se comunica de forma desorganizada e amadora e irresponsável (sic), mas o presidente parece desconhecer esse fato”. Após apontar os “foras” de ministros do governo Temer, o jornal diz: “Confusões semelhantes ocorreram a partir de comentários ineptos e mal planejados sobre a mudanças no regime de uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Gente do governo foi igualmente infeliz ao tratar publicamente da reforma da Previdência’. O Estadão falou sobre a nova comunicação do governo: “A nova estratégia seria muito mais eficiente se incluísse uma redução do falatório ocioso, maior cuidado na transmissão de informações, menos ligeireza na divulgação de balões de ensaio. O governo e o País ganhariam se os ministros se empenhassem menos em aparecer (sic) e fossem mais contidos ao falar em nome do Executivo. Mas, além de tudo, é um tanto exagerado falar em nova estratégia de comunicação quando o governo ainda carece, como se vê no dia a dia, de uma política de informação conduzida profissionalmente”.

Deu na Folha (18/9): “Em entrevista à revista VEJA, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) criticou a estratégia de comunicação do governo. (...) Ele [governo Temer] ESTÁ SE COMUNICANDO MUITO MAL, DE FORMA ANTIQUADA, MOFADA, INEFICAZ” (destaque meu), afirmou Maia, eleito presidente da Câmara em julho com o apoio do Palácio do Planalto”. Maia voltou ao assunto. Segundo o Estadão (22/9): “O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que ocupa a presidência da República (sic) enquanto Michel Temer está em viagem a Nova York, “deu um pito público” no ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, por ter se manifestado de forma indevida “por duas vezes” sobre a reforma trabalhista. (...) “Hoje (21/9) o ministro do Trabalho disse que a reforma trabalhista vai ficar para o segundo semestre de 2017. Não deveria ter tratado da reforma trabalhista, porque foram duas notícias ruins: a forma como ele comunicou (sic) antes e o anúncio hoje de que deixou tudo para o segundo semestre do ano que vem. Às vezes, É MELHOR FALAR POUCO E PRODUZIR MAIS (destaque meu)”. O Estadão (22/9) também noticia: “Temer critica defesa de Geddel de anistia a caixa 2”. Na reportagem o jornal revela: “O presidente Michel Temer desautorizou ontem (21/9), em Nova York, o chefe da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, que disse que o Congresso deve fazer “sem medo” a discussão sobre a anistia a políticos que tenham praticado caixa 2. A afirmação do ministro foi considerada “surpreendente” por Temer e EXPLICOU MAIS UMA VEZ A DIFICULDADE DO GOVERNO DE AFINAR SUA COMUNICAÇÃO (destaque meu)”. Sem comentário...

O governo deveria se atentar para a frase, sábia, de Chacrinha. Sua comunicação é criticada por um jornal que apoia Temer e também pelo presidente da Câmara, eleito pelo Palácio do Planalto. Dois aliados. O Estadão está certo: “Quem desinforma é o governo”! Quando, na verdade, deveria informar...

JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu

..

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe