Monitor5_728x90

domingo, 14 de agosto de 2016

#FORATEMER A indefensável postura do traidor Temer.



Saco cheio de ficar lendo que Temer foi eleito por quem votou em Dilma e, portanto, não tem do que reclamar. Temer cometeu um ato de traição, no dicionário "Faltar ao cumprimento de, trair seus juramentos." Ele assumiu um compromisso e jurou ser vice presidente. A traição vem de amigos ou pessoas com quem se firmou compromissos ou contratos. O PT buscou aliança com o maior partido do Congresso, o que se faz em qualquer democracia. Temer assumiu a postura mais abominável, a do traidor. Articulou contra a presidente, alimentou seu impeachment para subir ao poder e, ato final, comprou senadores para garantir seus dois anos e pouco de mandato. É protagonista de uma página sombria da História do Brasil, um golpe de parlamentares corruptos com o empresariado brasileiro. Se não concordava com a má administração e a corrupção do PT, a saída ética seria a renúncia. É assim que é visto, taí que nenhum chefe de estado ou de governo quis se encontrar com ele. Acho absurdo ler pessoas aqui defendendo (*) a postura de um traidor.

JAMARI FRANÇA, no Facebook

NOTA DESTE BLOG: Mas os coxinhas, que são "corruptos, mas íntegros", o defendem. Questão de ( falta de ) caráter mesmo.

.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe