Monitor5_728x90

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Um micro-conto de horror ( II )


GILCIMAR

Gilcimar passa em frente à casa de Priscilla, sua ex, quando sente uma vontade irresistivel de lhe fazer uma visita. Não queria reatar nem nada. Apenas desejava revê-la. Nem se lembra mais o motivo da separação.

- Por quê foi, mesmo? Esqueci.

Diante do portão marrom, outrora cinza, ele bate palmas. Só aí que percebe a campainha. Antes não tinha.

- Quem é?, pergunta uma senhora lá de dentro.

- Quero ver a Priscila, responde ele, imaginando que aquela mulher fosse a dona Norma, mãe de sua ex.

A senhora chega no portão e diz:

- Priscilla? Você não sabia que ela morreu já tem uns três anos? A família se mudou depois.

Gilcimar leva um choque e começa a tremer:

- M-m-morreu? M-mas c-como? Por quê?

- Depois que o namorado se matou ela não aguentou e se suicidou quase em seguida, dias depois.

- Namorado?

- É. Era Gilcimar o nome dele.

FIM

...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe