Monitor5_728x90

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Outro conto de horror


Josuel

Um acidente automobilístico. Feio. Dezenas de policiais e enfermeiros prestam auxílio. Correria e desespero.

Diante dos carros retorcidos, curiosos se aboletam, chegando até a atrapalhar o socorro. Josuel observa a cena toda. Será que alguém sobreviveu?

Josuel olha no seu relógio de pulso e vê sangue. Sangue e ferimentos no braço. Um osso saltado. Olha pra si e vê suas roupas em trapos. Mas ele não sente dor. Josuel pede ajuda. Estranhamente, ninguém o vê. Passam por ele como se nem estivesse ali. Ele gela. Ninguém irá socorrê-lo?. Ele começa a perambular, tentando chamar a atenção de alguém. Nada. Como se estivesse invisível.

"Será que morri?", pensa ele. Uma brutal sensação de pânico lhe domina. Conclui, apavorado, que é por isso que ninguém o nota andando por ali. Ele se tornou um fantasma. Uma alma perambulando entre os vivos.

Ele olha na direção dos veículos e reconhece seu Fiat 147. Completamente destroçado. Mas ele não está entre os escombros. Vai na direção do rabecão para conferir. Antes de chegar no veículo fúnebre, alguém acena para ele. Um sujeito mais ou menos da mesma idade que a dele.

- Ele me vê? Viva! Então eu não morri!!!! Foi só um susto! Graças a Deus eu me enganei.

Ficará decepcionado quando descobrir que o outro é o motorista do carro que bateu em seu Fiat 147. Ele teve um ataque cardíaco enquanto dirigia e foi o que causou a tragédia que matou Josuel. Como o outro morreu ANTES do choque entre os veículos, seu espectro não irá todo estropiado para o Além.

FIM

...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe