Monitor5_728x90

sexta-feira, 29 de julho de 2016

ESCALADA DE "ACIDENTES" A fúria assassina da especulação imobiliária na cidade de São Paulo


Segundo o Corpo de Bombeiros, foram pelo menos cem incêndios em favelas da cidade de São Paulo esse ano, alguns deles com registro de mortes. O altíssimo número de incêndios em um período curto de tempo, por si só, já demonstra que não estamos diante de acidentes.

Não seria isso uma forma de apropriar-se de áreas altamente lucrativas para a especulação imobiliária? De expulsar os trabalhadores para as localidades mais distantes, o que gera maior lucratividade para a burguesia em geral?

Incêndios recentes como o da favela Alba, que resultou na morte de um garoto de 11 anos, ou no Grajaú, ou na Vila Maria na Zona Norte, que resultou na morte de duas pessoas, todos no mês de julho, foram todos com causas não identificadas ou suspeitas.

Fica claro que os especuladores imobiliários, as grandes construtoras, tem profundos interesses em expulsar esta população para longe da cidade, bem como apropriar-se destes terrenos para promover uma valorização excessiva e artificial para seus emprendimentos. Promover incêndios assassinos para expulsar a população, para depois algum investidor ou empresa reivindicar a propriedade do local não seria nada espantoso para esses parasitas que acumulam capital sobe a base da opressão e exclusão dos mais pobres.

Não é de se espantar que o número de incêndios tenha crescido exponencialmente este ano, trata-se da ofensiva da direita golpista que incentiva estes crimes, bem como o apoio que o governo golpista é para estes setores.


...

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe