Monitor5_728x90

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Policiais Federais declaram apoio total a criminoso condenado e preso



Agentes declaram 'total apoio' a japonês da Federal


A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) declarou "total apoio" ao agente ex-agente Newton Ishii, conhecido como "Japonês da Federal", que foi preso na terça-feira (7) sob acusação de facilitação de contrabando.

"Ele já vem sendo punido injustamente há muitos anos, mesmo após árdua luta para provar sua inocência", declarou o presidente da Fenapef, Luís Boudens, para quem Ishii se tornou "um ícone do combate à corrupção e ao crime organizado".

Rosto conhecido da Operação Lava Jato, responsável pela escolta dos presos na Polícia Federal em Curitiba, Ishii está detido numa sala da superintendência no Paraná –para onde vão os investigados na operação.

Ele e outros agentes federais foram acusados de facilitar o contrabando de mercadorias do Paraguai, enquanto estavam lotados em Foz do Iguaçu, oeste do Paraná. O japonês foi alvo de operação da PF em 2003 e chegou a ficar quatro meses preso.

Em maio, Ishii perdeu um recurso no STJ (Superior Tribunal de Justiça), que ordenou a execução provisória da pena – já que o agente já foi condenado em primeira e segunda instâncias, a quatro anos e dois meses de prisão.

Para a Fenapef, há inconsistências na ação penal contra Ishii. A entidade lembra que ainda há recursos pedindo a anulação do processo, e diz que outros bandidos agentes já foram absolvidos por falta de provas.

Pessoas próximas a Ishii dizem que ele se sente, de certa forma, "aliviado", porque aguardava o desfecho do julgamento havia anos. "É uma espada que ele tira da cabeça", afirma outro agente.


...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe