Monitor5_728x90

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Balança descalibrada: Moro não notou que Aécio, o "Chato da Propina" já foi delatado 4 vezes



LEANDRO FORTES, no FACEBOOK

O LABIRINTO DE MORO

Como bem lembrou meu amigo Vagner Pinho, é a quarta-vez que Aécio Neves é citado em delações da Lava Jato e o senador e presidente do PSDB, simplesmente, sequer é incomodado.

Outro senador, Delcídio Amaral, do PT (claro), está preso desde dezembro. Na mesma situação estão José Dirceu e o tesoureiro João Vaccari, todos encarcerados por conta de delação.

Aécio foi citado como o chato que mais pedia propina e, agora, como destinatário de 1/3 dos subornos em Furnas.

Obviamente, a balança do juiz Sérgio Moro está visivelmente descalibrada.

Não que eu concorde com esse aprisionamento generalizado baseado em depoimento de bandidos colocados sob pressão. Na minha opinião, nenhuma dessas pessoas deveriam ter sido presas com base apenas desses relatos arrancados via delação premiada.

Não sem provas materiais, o que vale para todos, inclusive Aécio.

Mas desde o surgimento das contas bancárias de Eduardo Cunha na Suíça, e do envolvimento comprovada da mulher dele nessa tramoia, tornou-se difícil compreender qual lógica judicial está sendo aplicada por Moro nos muitos campos da Lava Jato.

...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe