quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

"Até conhecer de fato a Palestina, eu realmente acreditava que o conflito entre judeus e palestinos era uma guerra entre dois países e exércitos equivalentes, como informavam as TVs brasileiras


( Lucia Helena Issa, no FACEBOOK )

Até conhecer de fato a Palestina, eu acreditava que aquilo as TVs brasileiras chamam estranhamente de " guerra entre palestinos e judeus" era de fato uma GUERRA. Mas depois dessas duas estadias na Palestina, TESTEMUNHANDO tudo o que vi, torna-se impossível ( não apenas para mim mas para dezenas de escritores, atores como Penélope Cruz, Javier Bardem, Will Smith, e escritores como José Saramago) continuar propagando a mentira dos que classificam a situação palestina como " guerra". Eu tinha 12 anos quando aprendi que uma guerra acontece entre dois exércitos equilibrados ou dois países. Então,vejamos: Israel é um país de fato, mas a Palestina ainda luta pela sua independência, e pelo respeito às resoluções da ONU que previam dois Estados. E os exércitos? Vejamos: Israel tem 3 mil tanques bélicos de última geração. Palestina tem 0 . Israel tem 79 helicópteros de última geração. Palestina tem 0 , Israel recebe 3 bilhões de dólares por ano dos EUA em armas e dinheiro. A Palestina recebe zero de armamentos americanos. Israel tem cerca de 600.000 militares somando os da ativa e os da reserva, que são convocados frequentemente. A Palestina não nem um terço disso e seus homens, sem armas nem tanques, concentram-se em levar ajuda humanitária para a população civil e tentar proteger sua população da melhor forma possível. O que as TVs do Brasil chamaram em 2014 de "Guerra em Gaza" foi chamado em va´rios lugares do mundo e até mesmo por jornalistas americanos como Paul Craig Roberts e intelectuais como Noam Chomsky de " massacre". Em Gaza, o Hamás ( grupo político radical, mas eleito em Gaza ) fabrica foguetes caseiros numa tentativa de defesa, enquanto mulheres e crianças são massacradas pelos israelenses com bombas de fósforo branco proibidas pela ONU. Em Belém , a economia da cidade foi estrangulada pelo MURO DA VERGONHA ( como a comunidade internacional chama o Muro construido por Israel para isolar os palestinos, separando famílias, destruindo casas e e desrespeitando claramente a lei internacional., mas isso não aparece na sua TV. Centenas de cristãos são mortos por radicais judeus ( entrevistei um padre que falou sobre os mortos cristãos claramente) mas isso não aparece na sua TV. Apenas os radicais palestinos que, claro, existem, mas são pouquíssimos se comparados aos palestinos pacíficos, aparecem na sua TV. Os assentamentos israelenses perto de Belém me deixaram perplexa, pois são ILEGAIS segundo a ONU e próximos demais dos palestinos, que são frequentemente atacados por colonos judeus. Esses assentamentos são CONDENADOS PELA ONU mas a sua TV não diz isso. Você já se perguntou por quê? Por que isso é omitido no Brasil? O jornalismo no Brasil morreu de fato? Por que o bombardeio imoral de Gaza é chamado de " guerra" no Brasil, quando só há um exército e um único país usando tanques e aviões? Por que será??

...

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe