quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Como se faz um petralha. Lição única ( Parte 2 )



( OBS: Razoavelmente baseado em fatos e opiniões reais. Só que a realidade é sempre pior )

Dois sujeitos filam as capas dos jornais. Um deles parece mais incomodado com o que lê. E puxa assunto com o já não mais desconhecido ao lado. É quando ESTE fica incomodado. Tava tentando ler sobre o jogo de ontem, nem dava atenção pro noticiário de política.

O intrujão comenta:

- Olha isso. Jornal Agora São Paulo. Custava dois reais e aumentou. Agora vai pra dois e vinte. Culpa desse prefeito ladrão ( * )! Tinha que ter alguém pra dar um teco nele.

- "Prefeito ladrão"? Quem? O Haddad?

- Claro! Quem mais?

Como não ia conseguir ler em paz com o chato soltando perdigoto na sua orelha, nosso herói se digna a responder, embora saiba muito bem que não servirá de nada:

- Mas o que tem a ver o prefeito de uma cidade com o reajuse no preço de um jornal?

Como era óbvio, o chato não deu a mínima para a pergunta. Já estava mesmo acostumado a culpar o Haddad até pela derrota do time. Ele insiste:

- Você viu a "Indústria da Multa"? É tudo pra arrecadar dinheiro do povo! Aumenta o preço do jornal só pra isso mesmo! Fora Raddard!

Mais uma vez nosso herói se vê obrigado a corrigir a besteira dita pelo chato. Mesmo sabendo que é impossível convencer o cara. A verdade é que o chato acreditaria que a Terra é achatada, se isso fosse necessário para culpar o PT de alguma coisa...

Pro nosso herói, no entanto, é uma mera questão de dar a César o que é de César. Um prefeito não pode ser responsabilizado pelo preço de um jornal. certo?

Era pra ser uma coisa simples. 

E era. Uns dez anos atrás.

- Amigo, o jornal pertence a uma empresa, não à Prefeitura! E você leu esse quadrinho aqui na capa? Tá escrito que, por causa do dólar e da gasolina, eles vão aumentar o preço do jornal. Nada a ver com o Haddad ou seja lá que prefeito!

Uma senhora, que vinha acompanhando a conversa com bastante interesse se aproxima e, sem ninguém perguntar, começa a reclamar:

- E a Dilma? Já viu que ela vai aumentar o cigarro ( * )?

O chato se entusiasma com aquela conversa e faz tabelinha com a senhora:

- É. Ela vai aumentar o imposto do cigarro e da cerveja!!! E vem a CPMF ainda por cima! É só imposto dessa Dilma arrombada!

Incrédulo com sua falta de azar, nosso herói chama a atenção dos dois e aponta pra capa de outro jornal:

- Leiam aqui: "Alckmin quer elevar ICMS de cigarro e cerveja". Alckmin, não Haddad. Alckmin, não Dilma. Vocês não sabem ler? E ainda por cima ficam aporrinhando quem quer ler sossegado! Vão amolar a puta que pariu! Com licença!

O chato e a senhora chata se entreolham e falam, ao mesmo tempo:

- Esses petralhas são foda heim! 

FIM

( * ) A história é fictícia, mas as falas dos chatos, sobre o cigarro e o aumento do jornal, não. Ninguém me contou. Aconteceu comigo. Eu que tive que escutar essas besteiras.

..

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe