Monitor5_728x90

domingo, 30 de agosto de 2015

É a verdadeira cara de São Paulo: toma multa justa e ameaça amarelinho da CET com canivete. Criminosos querem ditar as regras!



Escrevi isto, quatro dias atrás:

"Não será surpresa se num dia próximo algum "cidadão de bem" resolver dar um tiro na cara de um amarelinho por se sentir ultrajado ao tomar uma multa justa." ( leia postagem aqui )

Percebam que escrevi que seria uma multa JUSTA. Por quê escrevi isto? 

Por morar a vida toda nesta cidade e trabalhar em comércio há mais de 20 anos, de modo que sou obrigado a escutar as pessoas e, com isso, fiquei conhecendo a forma de pensar das pessoas. Exceções existem, claro. Mas, provavelmente, elas me darão razão. 

Ainda mais depois de lerem o texto que saiu hoje no jornal Agora SP, que trasncrevo logo abaixo. Notem que o amarelinho não "inventou" multa ( aliás, tem que ser muito canalha para sequer supor que multas são inventadas. Na verdade, a imprensa até SUGERE ISSO, e faz isso o tempo todo, mas não tem coragem de denunciar direta e textualmente que a CET inventa motivos para multar, pois não tem provas e nem indícios. De modo que não acho exagero afirmar que a imprensa é bastante responsável pelo sujeito ameaçar o amarelinho, pois fica obsessivamente insuflando a população contra a CET ), ou seja, a multa foi MERECIDA.

Antes disso, um caso, de ontem, sábado:
Telefonei às 8:22hs a primeira vez e segui telefonando de meia em meia hora ( ou 40 minutos ) pra fazer o "reforço" ou a "reiteração". Telefonei umas 4 ou 5 vezes
E descobri que o amarelinho da CET paulistana chegou no local às 10:47hs e pediu pro dono retirar o veículo que se encontrava - encontrou - estacionado sobre uma calçada por 4 dias seguidos. E não multou o vagabundo. Vou repetir: o amarelinho foi lá, FLAGROU O ILÍCITO, localizou o dono, pediu que tirasse um carro que ficou 4 dias ilegalmente estacionado, MAS NÃO MULTOU! Não sei muito de leis, mas isso me soa a prevaricação. 
Dito de outra maneira: como vocês se sentiriam se vissem um policial se recusando a prender um ladrão pego em flagrante? 

Eu só uso essa comparação porque sei da resposta, já que a população é obcecada por assuntos de Segurança, coisa que eu não sou. Muito pelo contrário. Mas esse exemplo é ótimo, pois ilustra que, na cabeça do "cidadão de bem", o ladrão de bolsas é bandido, mas "cidadão de bem" que estaciona na calçada é "injustiçado" quando leva multa. E ouso dizer que essa hipocrisia é a mesma que vemos nas denúncias exaltadas de "corrupção" que certos "cidadãos de bem" fazem, mas sempre fechando os olhos para os malfeitos do PSDB de SP ( preciso citar o Trensalão ou as denúncias de superfaturamento no Rodoanel, no Metrô, na ampliação da Marginal Tietê, entre outras, isso apenas para ficar no âmbito paulista? )

Esqueci de dizer: na sexta-feira eu telefonei outras 4 vezes durante a tarde, pelo mesmo carro - lembram que falei que o carro ficou ali parado uns 4 dias seguidos? E parece não ter incomodado ninguém, como se nada estivesse acontecendo. Um carro na calçada, por quê se incomodar, não é?
Então, nos dois primeiros dias eu deixei pra lá. Depois, na sexta-feira, telefonei à CET, inutilmente. Sábado de manhã, bem cedo, passei pelo local e resolvi que depois tentaria de novo, que foi conforme narrado acima. 
E a maior. De acordo com o mesmo jornal, o Ministério Público teria aberto inquérito para apurar SE OS AMARELINHOS RECEBEM PRESSÃO PARA MULTAREM MAIS ( ou seja, por cumprir sua OBRIGAÇÃO! ). Dá pra imaginar como me sinto ofendido por isso? Eu enumero casos em que a CET não multa QUANDO DEVERIA , e estou de testemunha, e os caras do MP investigarão pra ver se há pressão para multar mais. Deveriam investigar o por que de se multar tão POUCO. Aliás, vou ficar de olho para ver se não vão relacionar o ataque sofrido pelo amarelinho da CET à investigação do Ministério Público, talvez forçando a vítima a dizer que só multou o carro por ter sido pressionado pela CET - ou, no caso, pela Prefeitura, que parece ser o verdadeiro alvo )

Motorista multado ameaça marronzinho com canivete

Um agente da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) foi perseguido e ameaçado depois de aplicar uma multa a um carro que estava parado em uma vaga de Zona Azul sem o cartão, em Santa Cecília (região central de São Paulo).

O caso aconteceu na noite de anteontem.

Segundo a polícia, o marronzinho aplicava uma multa a uma Brasília branca que estava parada irregularmente na rua Marquês de Itu, quando o proprietário do veículo, um mecânico de 25 anos, que não teve a identidade divulgada, pegou um canivete de dentro do automóvel e saiu correndo atrás do agente, exigindo que a autuação fosse cancelada.

O homem chegou a alcançar o marronzinho e, com o canivete em punho, segurou o agente pela camisa e começou a fazer ameaças caso a multa não fosse cancelada, ainda de acordo com a polícia.

Segundo o boletim de ocorrência, o mecânico ainda tomou o aparelho eletrônico de registro de multas da mão do agente da CET. ( AGORA SP )

.


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe