Monitor5_728x90

domingo, 30 de agosto de 2015

CPMF para iniciantes, por Leandro Fortes



CPMF PARA INICIANTES

Caro pobre de direita, caro infeliz da classe média remediada.

Caso, por algum milagre, você conseguisse ganhar 1 milhão de reais em um ano, a CPMF recolhida no período, numa base de cálculo de 0,38%, seria de cerca de 3,8 mil reais.

Ou seja, ainda lhe restariam 996,2 mil reais para você curtir a vida adoidado.

Mas como a realidade do nosso capitalismo tropical lhe impõe um salário anual de, na melhor das hipóteses, uns 40 mil reais por ano, esse desconto ficaria em 152 reais.

Isso mesmo: 152 reais anuais.

12,6 reais por mês.

42 centavos por dia.

Em compensação, o Sistema Único de Saúde, que tem um potencial de atendimento de 200 milhões de pessoas, iria recuperar uma receita de 80 BILHÕES de reais que foi retirada pela oposição, capitaneada pelo PSDB (que havia criado o imposto), de maneira mesquinha e canalha.

E essa ação nada teve a ver com a tese fantasiosa de que o brasileiro paga imposto demais.

A CPMF foi extinta por pressão do grande capital financista e por boa parte dos empresários que hoje chafurdam na lama da Lava Jato porque era uma ferramenta de rastreamento de movimentos financeiros 100% eficiente. [ grifo meu ]

Então, o maior e mais democrático sistema universal e gratuito de saúde do mundo foi sangrado por quem não precisa usá-lo para que o Estado não tivesse nas mãos um instrumento essencial de monitoramento fiscal.

E você, pobre de direita, infeliz da classe média remediada, que em algum momento vai precisar usar o SUS, se é que não o usa escondido dos colegas da firma, fica repetindo feito um babaca a lengalenga da elite econômica que lhe fode a vida achando que, com isso, ainda vai ser aceito por ela.

Não vai.

A DIRETORIA


NOTA DESTE BLOG: a idéia da CPMF é tão boa, no sentido de ferramenta contra a sonegação, que será útil até se a alíquiota for de 0,001%. A arrecadação vinda daí é importante, mas coibir a sonegação é mais, pois garante a arrecadação o que, de certa forma, imagino eu - um leigo na matéria -, torna até menor a necessidade de se depender dos recursos da CPMF.

.

.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe