domingo, 26 de julho de 2015

ISSO os Datenas, justiceiros e linchadores da TV não destacam



Esse é o tipo de informação (*) que programas como o DATENA deveriam apresentar, discutir, aprofundar e até discordar, em vez de se afundarem na lama do sensacionalismo. 
O problema seria, então: como apresentar um dado importantíssimo como esse a um público que esses mesmos programas acostumaram a receber sangue e sadismo e não aceitar outra coisa no lugar?
A exploração e a descrição minuciosa de um assassinato, isoladamente, acaba tendo um poder de persuasão sobre as pessoas muito mais forte que apresentar um dado estatístico que poderia sabotar a própria exploração sensacionalista deste assassinato. 
Noutras palavras, os Datenas levaram as pessoas a recusar - como uma criança que recusa uma colherada de um remédio de gosto ruim - notícias como essa da queda dos homicídios e a, em vez disso, preferir ver sangue e supostas conspirações de marginais.

SP tem menor índice de homicídios da história
Esta foi a menor taxa da história nos seis primeiros meses do ano; Alckmin fala sobre os assassinatos
Os casos de homicídios no estado de São Paulo tiveram uma redução de 18,38% em junho deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Com a menor taxa da história nos seis primeiros meses, a queda foi de 11,62% nas mortes intencionais, sendo 9,38 ocorrências por 100 mil habitantes.
“Pela primeira vez na série histórica temos um primeiro semestre do ano com menos de dois mil homicídios”, destacou o governador Geraldo Alckmin.
Os dados foram divulgados pelo governador Geraldo Alckmin em um evento realizado no 52º DP, no Parque São Jorge, na Zona Leste de São Paulo, na manhã desta sexta-feira (24).
Capital
A capital também apresentou mais uma vez um recorde na redução dos homicídios dolosos. Os casos passaram de 93 para 73, ou seja, houve uma redução de 21,51%.
Interior
Pela segunda vez o índice de homícidios dolosos caíram no interior de São Paulo, a queda foi de 10,65% no semestre, com 956 ocorrências registradas.
De acordo com o balanço, em todo o estado aconteceram 262 assassinatos no mês de junho, ante 321 no mesmo período de 2014. 
O balanço completo com os casos de latrocínios será divulgado na próxima segunda-feira (27).

(*) Nem quero entrar no mérito se as informações e dados são corretos ( quem lê este blog sabe que eu não perco meu tempo elogiando governos tucanos, sobretudo este de São Paulo; e nem seria necessário, afinal ele já tem a mídia e a imprensa inteiras no bolso; mas emprego estes dados do governo estadual por uma causa maior ), até porque, se os programas citados fizessem o que estou sugerindo, eles poderiam, como já falei, discutí-los, questioná-los, denunciá-los. 
Instruir o público, em suma. Mas eles querem é sangue.

.

2 comentários :

fabio libertario disse...

No Ceará ocorreu o mesmo decréscimo. Os bebe sangue também desprezam .

Servílio Gentil Lavapés disse...

Ou seja, parece que tem gente que PRECISA do ambiente de terror e medo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe