quinta-feira, 26 de março de 2015

Barbeiragem do PSDB derruba lucro da SABESP em 53%, endividamento chega a limite, rodízio não está descartado, empresa dá calote na Prefeitura de São Paulo e Alckmin indica aliado alvo de ações na Justiça para cargo no Conselho!!!



Contas foram prejudicadas pelo menor consumo de água e pela concessão de bônus para quem economizar; companhia não descarta rodízio

O lucro da Sabesp caiu 53%, para R$ 906 milhões, em 2014, em meio à crise hídrica que atinge o Sudeste do País. O valor é o menor pelo menos desde 2010. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (26).


Prejudicaram o resultado da companhia o menor consumo de água por parte da população - de 163 litros para 126 litros por habitante por dia (o mínimo adequado é 100, segundo a ONU) -, estimulada por bônus para quem economizar água.

Segundo a companhia, o programa de bônus, iniciado em 2014, deverá ser estendido até dezembro de 2014 e não está descartada a oficialização de um rodízio de água. Não há previsão de encerramento do programa de multas, que entrou em vigor em 2015.

Para equilibrar as contas, a Sabesp também deixou de repassar recursos ao Fundo Municipal de Saneamento e Infraestrutura de São Paulo previstos no contrato firmado com a prefeitura da capital. O volume equivale a 7,5% da receita obtida com a prestação dos serviços na cidade.

Ainda assim, o endividamento da companhia chegou a 3,64 vezes o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), próximo do limite de 3,65 estabelecido em alguns contratos de dívida.

Os dados fazem parte das demonstrações financeiras da companhia, entregues nesta noite à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O documento não informa que Sidnei Franco da Rocha, aliado político de Alckmin e alvo de ações por improbidade administrativa, foi incluído no Conselho de Administração da empresa.

As demonstrações apontam ainda que a percepção positiva dos clientes sobre a Sabesp caiu em 2014 para 89%, ante 80% em 2013. A companhia também conseguiu reduzir as perdas de água de 24,4% para 21,3%. ( IG )

.
.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe