quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Enquanto isso, no guichê de atestado de "Brasileiro Honesto"... ( ficção )


Próximooo!

Paulo Estânio se aproxima do guichê. Até que enfim chegou sua vez. Essa burocracia...

Bom dia! Eu quero um atestado de "Brasileiro Honesto" para dar entrada no diploma de "Brasileiro Honesto"...

"Um minutinho", responde o atendente.

"Um minutinho?", pensa Paulo Estânio, "Aposto que esse 'minutinho' vai demorar uns dez minutos, tenho certeza disso..."

Trinta segundos depois, o atendente retorna e solicita:

Foto 3 x 4, formulário completo em 3 vias, testemunhas, atestado de bons antecedentes...

Mas eu não trouxe nada disso!!!, responde Paulo Estânio.

"Então", responde o atendente, "só posso atendê-lo quando o senhor cumprir estes requisitos...."

Ficando completamente irado e transtornado, Paulo Estânio sobe nas tamancas e passa um sabão no atendente. Eleva a voz e começa um chatérrimo discurso em voz alta sobre "a burocracia que atravanca o desenvolvimento e atrasa o progresso da Nação", pontuado por irritantes observações sobre o mastodontismo estatal.

Aquelas palavras inspiradoras foram a gota d'água para muita gente que mofava há horas naquela fila: a maioria resolveu voltar para casa. Amargar fila é uma coisa. Agora, encarar discurso...

Ao ver que seu discurso libertário não surtiu o efeito desejado - o efeito agregador de massas - Paulo Estânio decidiu que o lado dele ele ia resolver. Ele estava lá pra isso, afinal de contas:

Olha, meu chapa - disse Paulo Estânio ao atendente - a questão é a seguinte...

Pois não, senhor...

Se EU SOU UM BRASILEIRO HONESTO - e SOU EU quem está dizendo e atestando isso - você e essa merda de departamento têm mais é que acatar...

Oras, mas meu senhor...

"Oras", nada - prosseguiu Paulo Estânio - pois a questão é a seguinte: a palavra de um BRASILEIRO HONESTO é lei e, se um BRASILEIRO HONESTO testemunha em favor de algo ou alguém, esse alguém tem tudo a seu favor, sua conduta se torna irrepreensível. Ou seja: meu testemunho, na qualidade de BRASILEIRO HONESTO, é inquestionável!!! Se um indivíduo BRASILEIRO HONESTO diz que outro indivíduo é um BRASILEIRO HONESTO também, isso não deve ser objeto de questionamentos!! Eu sou minha testemunha, um BRASILEIRO HONESTO como testemunha da conduta de um BRASILEIRO HONESTO. Onde está o problema, afinal? Você não aceita a minha palavra? Até quando? Acorda, Brasil...

Senhor, isso parece meio que um sofisma, ou coisa parecida e...

"Sofismas", "falácias"... Essas palavras não significam nada mais que a sujeição da realidade concreta ao discurso abstrato e subjetivo e...

Olha, senhor, eu desisto!!!!! Sei lá o que vem a ser "discurso abstrato e subjetivo"... Tá aqui a via carimbada e o senhor está dispensado dos trâmites exigidos! Tenha um bom dia!!!

No carro, conversando - enquanto dirige - com um amigo pelo celular a respeito dos acontecimentos daquela manhã, Paulo Estânio confidencia:

Eu tava quase cedendo... Mais um pouco eu puxava "cenzão" pro cara, pra ver se ele agilizava logo a parada pra mim...

FIM

Nota do blog: No mundo nada se cria, tudo se copia. O texto acima é uma variação atualizada deste: http://ocorreiodaelite.blogspot.com.br/2013/05/enquanto-isso-no-guiche-de-atestado-de.html


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe