Monitor5_728x90

sábado, 8 de novembro de 2014

A religião faz mais mal do que bem, diz pesquisa



Noticias gospel - Quase dois terços dos britânicos acham que a religião faz mais mal do que bem para o ser humano e que os ateus tem mais valores morais que os seguidores de qualquer religião, de acordo com uma pesquisa recente.

A pesquisa, que foi conduzida pela organização Survation exclusivamente para o The Huffington Post UK, revela que quase dois em cada cinco britânicos não têm nenhuma lealdade religiosa e apenas 56% se descreveram como cristão.

Os números relacionados com o culto religioso ativo são ainda mais impressionantes: 60% da população pesquisada confessa que ‘não é religiosa em tudo’ e somente 8% afirma ser ‘muito religioso’.

“A religião tem se tornado em uma ‘marca tóxica’ no Reino Unido”, diz Linda Woodhead, professora de sociologia de religião da Universidade de Lancaster. “O que estamos vendo não é uma rejeição total da fé, a crença em Deus ou na espiritualidade, embora haja algo disso, mas a religião institucional é nas formas históricas conhecidas.”

Os jovens tendem a ser menos céticos. Aproximadamente cerca de 30% dos britânicos de 18 a 24 anos de idade acreditam que a religião faz mais bem do que mal, enquanto somente 19% dos entrevistados de 55 a 64 anos de idade está de acordo com isso.

Os participantes também indicaram que não consideram que a crença seja um indicador de ser uma pessoa boa, pois 55% consideram que os ateus tem tanta moral como os crentes e inclusive cerca 8% estimam que há mais probabilidade de que os ateus sejam melhores pessoas que os crentes.


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe