domingo, 12 de outubro de 2014

"Aécio é bandido, noiado, beneficia tráfico de drogas, amordaça a imprensa de MG e os policiais e transformou Detran em máquina de lavagem de dinheiro", diz alegado Policial Civil



Antes que você continue, quero dizer o seguinte, de forma bastante clara: o título deste post foi de certa forma calcado ou inspirado nas capas de Folha e Estadão, não lembro se de Sexta-Feira (10) ou Sábado (11), em que as manchetes eram - não literalmente e bastante semelhantes  - algo como " 'PT ganhava X na Petrobrás', diz delator".

Veja bem que primor de redação, que "realidade" maravilhosamente montada. As manchetes e o próprio conteúdo das notícias afirmam sem afirmar. Pois quem afirma - em AMBAS estava assim - ou que teria afirmado, afinal de contas, é o delator. A imprensa faz o escarcéu a partir dos depoimentos mas, pelo que consta, o tal delator ainda NÃO APRESENTOU PROVAS e, se der alguma merda, estes jornais poderão se defender, mostrando que escreveram nas manchetes e notícias o famigerado complemento "diz delator". Ou seja: "quem diz é ele, a gente apenas publicou". Mas não deixam de destacar estridentemente as alegações sem provas do cara, fazendo com que as acusações TOMEM ARES DE VERDADE PARA O LEITOR. Se bem que muitos desses eleitores não se importam se é verdade ou não.

Quando assisti o vídeo deste alegado policial, fiquei meio naquelas. Não sei se é verdade. Mas aí então eu vi as capas dos citados jornais e achei que tanto vídeo como as manchetes poderiam ser usadas para ilustrar uma idéia. Ontem no Twitter escrevi de forma que pretendi provocativa:

"Eu acredito nas supostas acusações do policial contra Aécio pelo fato de que tudo que seja delação sem provas se torna verdade no imprensalão"

"Trocando em miudos: se o policial tem acusações contra Aécio, logo só pode ser verdade. É assim pros jornais, vale aqui também"

Hoje peguei o vídeo, postei (abaixo) com o texto que você está lendo. E praticamente copiei as acima citadas manchetes do Estadão e Folha, trocando os acusados e acusadores, tomando o cuidado de finalizar tudo com "diz alegado Policial Civil". Foi ELE quem adjetivou Aécio de forma tão dura.

Em primeiro lugar, muito do que o cara diz eu já sei - não sabia dessa do Detran, mas da censura, dos Perrela, isso é de conhecimento geral. Mas como não se levam adiante essas denúncias, e a imprensa como sempre silencia, então vamos considerar que não haja nada, só por formalidade. 
Em seguida, não sei se ele é mesmo quem diz ser. Por isso, refiri-me a ele como "alegado Policial Civil". Por fim, nem sei se as acusações são verdadeiras, com base em fatos ou fartos indícios - não importa que ele, o alegado, diga que apresentou provas ou que tentaram matá-lo. 

Mas notem que o título do post ficou bastante chamativo e agressivo e é esse o efeito sensacionalista e denuncista que eu quis compor. E lembre-se, foi BASEADO EM MANCHETES VERDADEIRAS DE JORNAIS VERDADEIROS QUE NÃO SE IMPORTARAM EM NOTICIAR ALEGAÇÕES E DENÚNCIAS AINDA SEM PROVAS E TRANSFORMAR ISSO EM UM JULGAMENTO SUMÁRIO ÀS PORTAS DAS ELEIÇÕES PARA TENTAR INFLUENCIAR OS ELEITORES, E GARANTIR A VITÓRIA DO CANDIDATO SUPOSTAMENTE ENVOLVIDO EM TRÁFICO DE DROGAS E OUTROS DELITOS E CRIMES! Eu peguei frases e expressões realmente proferidas pelo sr.Lucas e com elas compuz o título do post.

Ficaria melhor esse post se eu dispusesse de reproduções das citadas capas e manchetes, mas não cosegui arrumar. Se duvidar, procure na biblioteca do teu bairro, pois elas costumam guardar esses jornais por uma semana.

Se o sujeito tiver algum interesse excuso, estiver mentindo, ou for um personagem fake eu, certamente, deixei MUITO CLARO de que quem fez as acusações foi ele. E eu, como cidadão consciente que sou, não poderia deixar de prestar esse revevante serviço à Nação, postando algo cuja veracidade ainda precisa ser verificada e devidamente provada. Ou apenas a mídia teria esse "direito"? Afinal, ao não fazê-lo, eu posso estar contribuindo para que crimes e delitos apontados sejam varridos para debaixo do tapete. Melhor pecar pelo excesso. Afinal, quem denuncia - e não sou eu, eu sou apenas um sujeito comum interessado no bem do Brasil - deve provar. Pelo menos, era pra ser assim, né?



.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe