sexta-feira, 20 de junho de 2014

Portugal: empresas obrigam mulheres a assinarem compromisso de que não engravidam durante cinco anos


Joaquim Azevedo alerta que Portugal vai ser insustentável daqui a menos de 50 anos se nada for feito para travar esta situação. Portugal é dos países com a taxa de natalidade mais baixa da Europa e o sexto mais envelhecido do mundo

Já há empresas que a obrigar mulheres a assinar declarações em que se comprometem a não engravidar nos próximos cinco ou seis anos.

Quem o garante é Joaquim Azevedo, líder da equipa que vai traçar um plano de acção para a natalidade até ao final deste mês.´

“É preciso criar condições também aos empresários para que aqueles que, pelo menos se vão consciencializando que isto é importante (as políticas pró-natalidade), o façam e sobretudo que os outros não coloquem obstáculos, nomeadamente não obrigando mulheres a assinar declarações de que não engravidam nos próximos cinco ou seis anos”, disse o professor da Universidade Católica no Porto, em entrevista à Antena 1.

Joaquim Azevedo alerta que Portugal vai ser insustentável daqui a menos de 50 anos se nada for feito para travar esta situação. Portugal é dos países com a taxa de natalidade mais baixa da Europa e o sexto mais envelhecido do mundo. Só nos últimos três anos, com a vinda da troika, nasceram menos 13 mil bebés.

O INE alerta que o país pode chegar a 2060 com menos quatro milhões de habitantes que actualmente, situação insustentável.

Esta quarta-feira há reunião dos grupos de trabalho da Comissão Permanente de Concertação Social sobre Natalidade e Conciliação da Vida Profissional e Familiar.

( Publicado no site português IONLINE )

..

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe