quinta-feira, 15 de maio de 2014

Xiii, Carlinhos de Tocqueville, olha só essa!! EUA: trabalho infantil na colheita de tabaco é comum e legal e jornada dura até 14 horas



EUA: trabalho infantil na colheita de tabaco é comum e legal e jornada dura até 14 horas

Crianças com 12 anos e até com sete anos de idade estão sendo empregadas em fazendas nos EUA, em colheita de tabaco, despertando a revolta de ativistas que combatem o trabalho infantil.

Nos EUA essa é uma prática comum e legal, havendo casos de crianças trabalhando até 72 horas por semana nos meses de verão.

Segundo noticiou a BBC a grande maioria das crianças trabalham até 14 horas por dia em fazendas na Carolina do Norte onde são vítimas de agentes químicos usado nas lavouras que provocam queimação no rosto, vômito e mal-estar. Segundo o mesmo órgão de imprensa os fazendeiros defendem o trabalho infantil dizendo que “isso é uma tradição nos EUA, que vem de gerações em gerações e nunca deu nenhum problema, as crianças trabalham em segurança e aprendem a ser responsáveis”, mas nada disseram sobre o fato delas ganharem apenas míseros 7 dólares por jornada de trabalho.

Nos EUA não tem lei contra o trabalho infantil, ativistas afirmam que “os EUA aceitam práticas proibidas e não toleradas em países como o Brasil e a Índia cujos governos assinaram convenções internacionais contra o trabalho infantil há muito tempo e que os EUA se recusam a assinar tais convenções.

A condenação da exploração da mão de obra infantil e do trabalho de crianças em idade escolar é quase uma unanimidade mundial, mas nos EUA também nesse caso vale a lei da selva, a lei do mais forte, e as crianças do ponto de vista da legislação, são das mais desprotegidas no mundo. Não é estranho que os EUA sejam o país com maior número de prisioneiros no mundo e que a violência seja tão grande por todo o país onde quem fala alto é o poder do dinheiro e a imensa desigualdade social não para de crescer. ( HORA DO POVO )


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe