terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Tropas norte-americanas de ocupação do Japão fizeram testes com armas biológicas em Okinawa



Informe militar norte-americano divulgado pela agência japonesa de notícias Kyodo, no domingo (12), revela que as tropas dos EUA testaram armas biológicas nas plantações de arroz na ilha japonesa de Okinawa, durante o início de 1960, para que fossem utilizadas contra países como a China e outros do leste europeu.

Os testes foram feitos repetidas vezes entre 1961 e 1962 enquanto a administração de Okinawa estava a cargo das tropas de ocupação norte-americanas. Entre os testes com armas biológicas feitos pelo exército americano estavam a introdução de fungos e bactérias nas plantações de arroz da ilha, com o objetivo de obter dados sobre o dano potencial da arma biológica. “Os EUA tinham como objetivo introduzir os agentes daninhos nos cultivos chineses e também no sudeste da Ásia”, afirma o relatório norte-americano divulgado pela agência nipônica que teve acesso aos papéis.

Durante os testes, o exército norte-americano “pulverizava os fungos nos campos de Okinawa, e também em Taiwan (província rebelde da China Popular). As doses eram introduzidas a partir de distâncias diferentes nas plantações, para melhor avaliar os resultados e consequências nos cultivos”. Os agentes (fungos ou bactérias) em questão afetavam gravemente as plantações de arroz, ameaçando a colheita.

“Outros documentos também demonstram diversos testes com agentes que causam doenças como a ferrugem do trigo ou a brusone do arroz”, que segundo os relatórios apresentaram “êxito parcial na acumulação de dados úteis”.

Anteriormente Washington revelara informação referente a provas de armas químicas e biológicas executadas em mar e terra em lugares como Porto Rico e Havaí, entre outros locais. ( HORA DO POVO )


.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe