quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Mulher é presa na Arábia Saudita ao dirigir para levar pai a hospital ( E o Irã é que é ruim )



Uma mulher kuwaitiana foi presa na Arábia Saudita por dirigir um carro que conduzia seu pai diabético a um hospital.

Segundo divulgou o jornal Kwait Times, a mulher foi parada pela polícia saudita e está detida para investigações.

A prisão ocorre uma semana depois que quatro mulheres na Arábia Saudita desafiaram as preconceituosas restrições e dirigiram no mesmo dia pelas ruas de Riad sem serem molestadas.

Segundo o jornal, os policiais foram rudes com ela e a notícia não detalha se o pai foi levado ao hospital.

Não existe nenhuma lei banindo a direção de carros às mulheres, mas não lhe são fornecidas carteiras de motorista.

Já na vizinha monarquia de capachos dos EUA e que abriga, no porto de Manama, capital do Bahrein, a 5a. Frota, um dos principais líderes da oposição, o cheique Ali Salman, está sendo acusado de "manchar a imagem do Ministério do Interior e afrontar a polícia" por haver alegado violações de direitos humanos em repressão policial a manifestações pacíficas.

A oposição inaugurou uma exposição denominada "Museu da Revolução", onde a repressão era retratada e que foi imediatamente fechada pelo mesmo Ministério. ( HORA DO POVO )

ARQUIVOS:

2012: 

.

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe