quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Lugares assombrados: o "caminho da morte" russo


O misterioso “caminho da morte” passa perto de Moscou

O “caminho da morte” é um troço, não longe de Moscou, da auto-estrada que liga as cidades de Lubertsy e Lytkarino. Devido a numerosos acidentes rodoviários registrados no local, granjeou a fama de zona sombria, perigosa e deprimente.

Ao longo da estrada se podem ver coroas de flores e ramos funerários indicando os lugares de tragédias em que morreram pessoas. Não é de estranhar, pois, que o caminho se considere uma zona anormal, na qual até ocorrem incidentes enigmáticos.

O “caminho da morte” ocupa, desde há muito, uma das primeiras posições no ranking não-oficial de lugares “perigosos” por causa do elevado número de acidentes de viação que ali têm ocorrido, incluindo casos letais.

Daí a pergunta: por que é que passando por esse caminho “peculiar” os carros de muitos condutores experientes perdem o controle e se despistam? O fundador do Clube de Viajantes, Timur Ivantsov, contatado pela Voz da Rússia, procurou desvendar o mistério. Entre outras coisas interessantes, :

“Há dois anos, durante o casamento de uma amiga minha, fomos visitar a “clareira das noivas”, perto de Lytkarino. É um lugar frequentado por recém-casados que querem saber mais sobre o futuro da sua aliança. O ritual é o seguinte: se pega em duas garrafas de espumante ligadas por uma fita de cetim. Antes disso, a noiva e o noivo tomam um gole de cada garrafa, fecham-nas com rolhas e atiram-nas contra uma árvore. Se conseguem atingir o tronco da árvore, espera-os uma vida feliz, mas quando as garrafas se quebram sem alcançar a meta, isto é um mau sinal”.

Então, após o registro civil, toda a gente se dirigiu à “clareira das noivas”. Estava bom tempo e tudo parecia correr bem. Mas, quando o nosso grupo tomou o “caminho da morte”, conducente ao local de destino, começaram a acontecer coisas extraordinárias:

“O nevoeiro começou a cobrir a via e, à distância de 20 metros, notamos uma moça em plena estrada. O motorista apertou os travões e nós ficamos parados na berma. Saímos do carro para reclamar. Mas a moça desaparecera sem deixar rastro. Claro que toda a gente ficou pasmada. Todos a tinham visto, mas depois ela realmente se desvaneceu. Foi então que fiquei sabendo como na verdade era o “caminho da morte”.

Como se verificou mais tarde, naquele dia Timur e seus companheiros viram o fantasma de uma noiva que tinha sido vítima de um acidente ocorrido naquele segmento da estrada. Ela e o seu noivo iam andando de carro para aquela maldita clareira, mas acabaram por não chegar até lá.

Todavia, a causa disso é bem diferente. Dizem que, a mulher fantasma aparece no caminho para avisar e afastar as pessoas da clareira nefasta. Nos tempos remotos, ali se situava um sepulcro antigo onde os nossos antepassados costumavam celebrar bodas para que os espíritos dessem “garantias” de uma vida feliz e afortunada. Claro que, segundo os cânones da Igreja, tudo isso constitui em enorme pecado.

Mas voltemos das superstições à realidade. Apesar do bom asfalto, lombadas para reduzir a velocidade e a ausência de curvas apertadas, os acidentes que ocorrem nesse caminho são regulares. Segundo dizem muitos condutores, nesse segmento eles ficam distraídos e sentem vertigens, enquanto as mãos como que lhes deixam de obedecer. De acordo com Timur, por ali que fica uma zona geopatogênica.

”Medimos o nível de irradiação magnética nessa localidade e registrámos indicadores superiores à norma em muitas vezes. É provável que isto se repercuta no estado psíquico e distraia a atenção, o que leva a múltiplos acidentes. Por outro lado, aqui se verifica um aspeto paranormal, já que eu vi a mulher-fantasma com meus próprios olhos. Os meus amigos também a viram e são testemunhas oculares disso”.

Não há motivos para desconfiar e pôr em dúvida as histórias arrebatadoras contadas por muitas pessoas. Mas também não se pode confiar nelas completamente. Que cada um de nós decida. O certo é que o mundo à nossa volta é muito mais complicado e cativante do que pode parecer.



.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe