sábado, 24 de agosto de 2013

Japoneses usam máquinas de fazer chuva para encher reservatórios de água


A seca desesperante obrigou os japoneses a recorrerem, na quinta-feira, a duas máquinas de chuva para encher os reservatórios de água que servem as 35 milhões de pessoas na região metropolitana de Tóquio.

Depois de meses de precipitações inferiores à medida habitual registada e com temperaturas muito altas, as reservas de água desceram cerca de 60% em relação ao nível geral para este período do ano, forçando as autoridades de Tóquio a pedirem aos cidadãos que economizem água.

Como o civismo não é suficiente, a companhia de águas decidiu na quinta-feira à tarde utilizar duas máquinas de fazer chuva, que não eram utilizadas há uma dúzia de anos.

Os engenhos enviam para o céu uma nuvem de iodeto de prata, através de uma espécie de grande chaminé, instalada numa zona fora da cidade de Tóquio, disse um funcionário à AFP.

Duas horas depois da utilização dos engenhos, cerca de 17,5 milímetros de chuva foram registados.

Depois de uma estação de chuvas muita curta em Tóquio, a capital sofre com as temperaturas altas desde 06 de julho, assim como outras cidades do sul, do centro e oeste do Japão, com temperaturas que passam os 30, 35 e até 40 graus à sombra.

O calor abrasador já matou cerca de 129 pessoas somente em Tóquio, segundo o canal público de televisão NHK, e envia para os hospitais várias centenas de pessoas afetadas pelas intensas temperaturas. 
( CM )

.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe