sexta-feira, 19 de julho de 2013

Mulher violada é condenada no Dubai por ter sexo fora do casamento





Marte Deborah Dalelv, de 24 anos, terá de cumprir uma pena de 16 meses

Em Março, a norueguesa Marte Deborah Dalelv, de 24 anos, apresentou queixa no Dubai [ NOTA DESTE BLOG: Não, Dubai não fica no Irã... ] por ter sido violada. Agora, um tribunal do Emirado condenou-a por ter mantido relações sexuais fora do casamento e por consumo de álcool.

A jovem, que se deslocou ao Dubai numa viagem de negócios, apresentou uma denúncia na polícia depois de ter sido violada. Já não saiu do local porque foi detida.

Marte passou vários dias numa cela sem que pudesse entrar em contacto com os seus familiares e as autoridades norueguesas, relata o jornal 'El Mundo'.

Só libertada por acção do consulado, Marte esperou pela decisão do tribunal numa instituição religiosa. 

Esta semana soube que foi condenada a 16 meses de prisão por ter mantido relações sexuais fora do casamento, por beber álcool e atentar contra a decência.

O governo norueguês já avançou que vai contestar judicialmente a decisão.

"A sentença no Dubai contra uma norueguesa que denunciou uma violação contraria o nosso sentido de justiça. Daremos o apoio necessário para apelar contra a decisão", reagiu o ministro norueguês dos Negócios Estrangeiros, Espen Barth Eide, através da sua conta de Twitter.

Para o mesmo responsável, este caso revela "o estatuto legal que a mulher tem em muitos países". 



.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe