sexta-feira, 14 de junho de 2013

Vilões de HQ verossímeis e invencíveis ( III )


- A LIGA DOS MAUS
Toda HQ que se preza tem que ter um grupo ou equipe de supervilões. Nós temos a Liga dos Maus. A equipe de superheróis chama-se Liga dos Bons. Eu ia batizá-la de Liga dos Cidadãos de Bem, ou Liga dos Direitos, mas resolvi que não. De qualquer modo, mencionar os nomes recusados tem o mesmo efeito sacana.
Um dos maiores clichês é aquele em que um vilão arregimenta os demais, bola planos, lidera, faz acordos, mas sempre com o intuito de cometer traição. Confia, claro, em seus poderes e que eles serão suficientes para sobrepujar os ( ex- ) parceiros. Primeiro, com a ajuda de todos, vence os heróis para, em seguida, mostrar seus verdadeiros intuitos. Escraviza heróis, população e ex-colegas de maldades. Assim, e não raro, heróis e vilões vencidos unem-se e dão uma lição no crápula para, depois, voltarem à velha porém transapente e honesta inimizade.
No caso de nossa superequipe de supervilões, a descrição acima jamais ocorre. Como falei, o vilão-mor confia demais em si e menospreza os parceiros, por isso bola esses planos. 
Na Liga dos Maus, todos sabem que são diferentes e complementares, algo como as 8 fatias de uma pizza. Ninguém se acha mais forte que o conjunto dos demais e, acima de tudo, cada um reconhece e teme o poder do outro.

- A LIGA DOS BONS
Na sede da Liga dos Bons, tudo é impecável, limpo e de bom gosto. 
Só que, de um mês prá cá, as coisas deram uma reviravolta jamais vista num gibi de herói. Nenhuma saga publicada trouxe tanta emoção.
Atualmente as heroínas - por serem mulheres - são as responsáveis pela faxina, arrumação, compras, pagamento de contas e demais tarefas domésticas. Tarefas antes confiadas às MUCAMAS, uma casta menor de heroínas especialmente treinadas para estes afazeres domésticos. Só que estas se demitiram após uma portaria governamental, que introduziu garantias trabalhistas que as botou mais ou menos em pé de igualdade com os demais heróis. A Liga dos Bons recusou-se a acatar estas novas regras e as MUCAMAS se demitiram em massa.
Isso trouxe uma série de problemas para a equipe. Um dos membros do grupo, o CAPITÃO GAGAU, não se cansa de reclamar. Isto porque uma das MUCAMAS ( a número 8 ), levou consigo a receita supersecreta do GAGAU ESTELAR, fonte dos poderes de CAPITÃO GAGAU.
Assim, o dia inteiro, quando não está em missão devido aos poderes reduzidos devido ao não-consumo de seu alimento, CAPITÃO GAGAU fica numa espécie de síndrome de abstinência de irritar até um monge do Tibete:
- Gagaaaauuuuu! Cadê meu Gagaaauuuuuu?
- Calma, Capitão, tenha calma!, diz alguém.
- Gagaaaaaauuuu! Faça meu gagaaauuuuu!
- Eu não se fazer, Capitão!!!! Por favor!!! A gente está tentando convencer a número 8 a voltar a trabalhar conosco!
- Gaggaaaaaauuuuu!

Que tristeza.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe