sexta-feira, 5 de abril de 2013

Jornal "Estadão": demissão de funcionários e redução do número de páginas. Rumo à extinção?



Estadão prepara cortes e mudanças
Jornal vai dispensar jornalistas e reduzir número de páginas, resumindo conteúdo em três cadernos
O Estadão deve anunciar, nas próximas horas, profundas mudanças em sua estrutura que deverão impactar recursos humanos e produtos editoriais. Após a circulação de boatos na quinta 4, o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo contatou a diretoria do grupo para discutir a situação dos funcionários.
Informações internas confirmam a reestruturação. Há notícias sobre redução de páginas, que seriam agora distribuídas em três cadernos principais: o primeiro, com editorias de política, internacional, cidades (Metrópole) e esportes; permanecendo separados economia e cultura (Caderno 2). Seguindo ao enxugamento editorial, muitos funcionários da redação também seriam dispensados. Em dezembro de 2011, o Estadão já havia descontinuado os suplementos Feminino, Agrícola e Caderno de TV e dispensado cerca de 40 jornalistas.
As notícias causam ainda mais ansiedade diante do ocorrido com o Jornal da Tarde no ano passado. A redação começou 2012 com cerca de 70 profissionais, mas perdeu 21 postos em julho, quando começaram os boatos sobre a descontinuidade do jornal. Naquele mesmo mês, uma mudança na diretoria trouxe Francisco Mesquita Neto para a presidência do grupo, o que amenizou a tensão. Mas informações sobre o fim do JT voltaram a circular com força poucas semanas depois, sempre negadas pela diretoria, apesar de diversos sinais ao contrário. O boato só foi confirmado na véspera do anúncio, em outubro. 

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe