sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Infeção rara causada por superbactéria carnívora


Um homem que foi atacado por uma superbactéria carnívora precisou fazer três operações para curar a infecção.
O britânico Steven Holzman ficou doente após um pé-de-atleta evoluir para uma infecção, com uma superbactéria "carnívora", noticia a BBC.
Dois meses depois da ferida sarar, e de semanas de internação hospitalar, Holzman conseguiu vencer a bactéria. No entanto, o homem ainda precisa da ajuda de muletas para caminhar e está proibido de ir trabalhar.
O pedreiro britânico, que quase morreu, utilizou inicialmente uma pomada, sem receita médica, para tentar curar o pé-de-atleta. No dia seguinte teve de se dirigir ao hospital pois o pé estava bastante inchado. Enquanto era tratado no Centro hospitalar, passou por três operações em quatro dias.
Os médicos depois de muito investigarem descobriram que Steven Holzman sofria de "fasceíte necrosante", uma infecção muito grave. Quando retiraram as ligaduras após a primeira operação, havia um buraco no topo do pé.
O pedreiro contou à BBC que temia a última cirurgia: "Fui para a minha última operação sabendo que podia voltar da sala de cirurgia só com uma perna, em vez de duas". O mesmo garante que teve muita sorte, não só por ter regressado com as duas pernas como por ter sobrevivido.
O cirurgião Anthony Armstrong referiu, também à BBC, que este foi um caso muito difícil de tratar: "Mesmo nos dias de hoje, com a medicina moderna e os cuidados e técnicas cirúrgicas modernas, os pacientes ainda podem morrer deste problema, se ele não for diagnosticado e tratado efetivamente e rapidamente". ( DN )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe