terça-feira, 15 de janeiro de 2013

" É logo ali, seu moço, um tirinho de míssil intercontinental": GPS bichado faz mulher guiar por 1400 km a mais que os 60 km previstos

Mulher faz quase 1 400 km a mais devido a erro no GPS

O GPS é uma ferramenta útil nos dias de hoje, em que as constantes alterações nas estradas obrigam a cuidados extraordinários quando se prepara uma viagem. Mas convém elaborar um plano para evitar certos dissabores.
Que o diga uma belga de 67 anos, que queria fazer uma viagem de 61 quilómetros até Bruxelas, e acabou em Zagreb dois dias depois, concluídos 1 450 quilómetros.
Sabine Moreau tinha combinado ir buscar uma amiga numa estação do autocarro na capital belga. Introduzido o destino no GPS, seguiu viagem.
Atravessou seis países depois de uma curva no local errado e de o que se presume ter sido um engano nos novos cálculos da viagem. Parou duas vezes para abastecer, dormiu no carro e até teve um pequeno acidente.
«Vi todo o tipo de sinais de trânsito. Primeiro em francês, depois em alemão, mas não quis pensar nisso. Estava distraída, por isso continuei», contou a um site belga citado pelo jornal Daily Mail.
Antes de chegar à Croácia, Sabine terá passado por França, Alemanha, Áustria e Eslovénia.
Quem não achou graça ao que aconteceu foi o filho, que contou à polícia do desaparecimento da mãe. As operações de busca estavam quase a começar quando ela ligou para casa a contar que estava na Croácia. ( A BOLA )                       

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe