sábado, 12 de janeiro de 2013

Busão de graça? Aqui tem.

Transporte público gratuito.
A cidade de Tallin na Estônia é a primeira grande capital européia onde o transporte público é gratuito.
Este pequeno país báltico é membro da União Européia – UE desde 2004. Atualmente conta com aproximadamente 1.300.000 habitantes, dos quais aproximadamente 419,830 vivem na capital Tallin, que desde o dia 1 de janeiro de 2013 oferece transporte público gratuito aos seus habitantes.
Porém, o beneficio é somente para os residentes na cidade, que para desfrutarem do serviço de forma permanente devem comprar uma carteira chamada “ühiskaart”  ao custo de 2 euros por pessoa.
Segundo a oposição, a iniciativa poderia trazer um prejuízo de 12 milhões de euros por ano. Em suas declarações o prefeito da cidade de Tallin, Edgar Savisaar, afirma que o valor arrecadado pelo serviço não superava os 33% das despesas do funcionamento de toda a estrutura de mobilidade urbana. De forma que tomou-se esta decisão que tem, acima de tudo, um caráter social, podendo conceder igualitariamente o mesmo tipo de mobilidade aos seus cidadãos. Savisaar salienta que , além de ser um grande incentivo para mudar o caótico transito viário reduzindo a poluição, o ruído e, a longo prazo, melhorando a qualidade de vida de toda a população com a redução da circulação de veículos particulares, tornando a capital da  Estónia o carro chefe do “movimento verde na Europa”.
Agora é ver por quanto tempo o erário público aguentará pagar as despesas deste serviço.
( Post original COM IMAGENS aqui )
LEITURA COMPLEMENTAR:
É possivel, sim!
75% DOS CIDADÃOS DE TALLINN VOTARAM A FAVOR DE VIAGENS GRATUITAS DE ÔNIBUS E TRENS

A partir de Janeiro de 2013, os 417 mil habitantes da capital sa Estônia e seus subúrbios, na região do Mar Báltico, poderão utilizar os transportes públicos de graça. A cidade belga de Hasselt poderia servir de modelo para Tallinn. Ali a população transita de ônibus ou trem, sem pagar, desde 1996. Consequentemente, o número de passageiros que utilizam transportes públicos aumentou drasticamente em dez anos: de 360 mil para 4,6 milhões.
( Revista GEO, edição 45 )


SÓ QUE...:
Viagem gratuita não leva ao paraíso - PRESSEUROP, 19.03.2013
 

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe