quinta-feira, 8 de novembro de 2012

EUA é democracia séria: até Mickey Mouse e Putin receberam votos

Barack Obama venceu Mitt Romney nas eleições presidenciais norte-americanas e continuará mais quatro anos na Casa Branca. No entanto, alguns eleitores foram mais imaginativos e recorreram à possibilidade de escrever o nome de candidatos alternativos nos boletins de votos para demonstrar apoio a actores, músicos, políticos estrangeiros e até personagens fictícias.
Entre os 'write-in candidates', como são conhecidos nos EUA, houve um pouco de tudo: o presidente russo Vladimir Putin ( que não poderia ser eleito devido ao critério da nacionalidade )  o veterano dos filmes de acção Chuck Norris (*) ou mesmo o Rato Mickey e o Mestre Yoda, personagem dos filmes da saga 'A Guerra das Estrelas'.
Ultrapassando os limites da Humanidade, "um cão gay" mereceu a preferência de pelo menos um eleitor.
Apesar de permitir manifestações de imaginação delirante aos eleitores, a prática dos 'write-in candidates' já teve resultados mais práticos. Em 2010, a senadora republicana pelo Alasca Lisa Murkowski tinha sido derrotada nas primárias do seu partido por Joe Miller, ligado ao Tea Party, mas acabou por ser reeleita devido à militância dos eleitores, que escreveram o seu ( complicado ) nome nos boletins de voto. ( CM )

(*) N do Blog: QUE MEDO!

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe