sábado, 22 de setembro de 2012

Conto: O estranho desaparecimento da ex-estrela

Ela ficou muito famosa nos anos 90, por seu papel televisivo de uma gostosa muito gostosa. Saiu na Playboy, vendendo muito. Eu mesmo comprei a minha. Tá comigo até hoje.
Depois, saiu do programa de TV que a tornara famosa, foi contratada para protagonizar papel de destaque como gostosa em outra rede. Não foi bem, o programa fechou as portas.
Aos poucos, foi se tornando uma "was been". Diante da nova realidade, foi abandonando a TV e foi fazer faculdade. O convites para eventos e festas ainda pintavam, mas foram escasseando.
Num lapso de maturidade, decidiu fazer teatro. Papéis sérios, de preferência.
Já no ocaso da fama, mas ainda com muita lenha para queimar, certo dia a atriz estava visitando alguém que morava num prédio. Décimo-terceiro ou daí prá cima.
A vista pela janela era ampla e linda. Via-se longe.
De repente, a atriz viu planando pelos ares algo impossível de se ver, ou que julgava impossível: um OVNI. Uma nave estranha, planando, silenciosamente entre prédios, bem ao longe!
Por acaso, a atriz, ainda incrédula, trazia consigo uma câmera, e com ela começou a filmar o objeto misterioso. A filmagem durou poucos minutos. O objeto misterioso desapareceu também misteriosamente. Mas ela tinha filmado tudo.
Assistiu ao vídeo e mostrou-o pra amigos e familiares, e decidiu revelar à Imprensa. O mundo precisava saber daquilo.
Contatou um apresentador, amigo de tempos da fama nacional. Conseguiu aparecer no programa, ao vivo. Mostraria a filmagem no ar em rede nacional. Milhões de telespectadores.
Na tarde do programa, diante de personalidades da TV e um ufólogo convidado pela produção, mostrou sua gravação misteriosa. A platéia ficou embasbacada. Mas o ufólogo, cujos olhos analíticos, treinados em anos de análises de filmagens parecidas, explicou: não tinha nada de OVNI, UFO ou coisa de outro mundo. Tratava-se de um dirigível. Campanha publicitária de uma ultinacional de pneus, o dirigível sobrevoara a metrópole no mesmo horário em que a atriz fez a filmagem. Mistério resolvido.
"Mas como?",pensou a atriz, "Aquilo não tinha nada a ver com o objeto que vira e filmara naquela tarde..."
Estaria enganada? Que vergonha!! Vergonha em rede nacional...Mas...Em sua memória, o objeto visto no programa não tinha nada a ver com o objeto que ela se lembra de ter filmado...!
Depois daquele episódio, nunca mais foi encontrada. A família ou os amigos telefonavam, e a chamada caía na secretária eletrônica. A mensagem na secretária dizia que a atriz abandonara o país e fora morar no Canadá. Pedia que não deixassem recado e que a esquecessem.
Com o passar do tempo, as pessoas foram esquecendo dela. A própria família considerou-a passado.
Na verdade, o que aconteceu foi o seguinte: ela filmou MESMO um disco voador de outro planeta. Na iminência de serem desmascarados, governos ocidentais lançaram mão de uma campanha de descrédito, chegando até a trocar a filmagem verdadeira por uma de dirigível, que foi o que se viu no programa de TV.
Como parte do acordo com os emissários dos povos extraterrenos, os governos fizeram com que a atriz fosse abduzida e levada para outro planeta, onde permanece degregada até hoje.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe