terça-feira, 17 de julho de 2012

Pessoas que acreditam no céu são mais propensas a cometerem crimes

Os índices de criminalidade são mais altos em países onde as pessoas acreditam mais no céu do que no inferno, afirmam pesquisadores.
A descoberta surgiu de um estudo de 26 anos de dados coletados envolvendo 140.000 pessoas em 70 países.
Os resultados sugerem que as pessoas são mais propensas a sentirem que podem ir “mais longe” em seus comportamentos criminosos se não acreditam em vida após a morte.
Os cientistas descobriram também que crimes como homicídios, roubos e estupros foram mais comuns em sociedades onde a pena constitui uma parte importante das crenças religiosas das pessoas.
Isso significa que um país onde as pessoas acreditam que exista um céu e um inferno, por exemplo, é mais propenso a ter uma sociedade que cometa delitos do que uma nação onde as crenças são compartilhadas de modo mais homogêneo.
O estudo, publicado na PLoS ONE, é fruto dos pesquisadores Azim Shariff da Universidade do Oregon e Mijke Rhemtulla da Universidade do Kansas, ambas americanas.
A referência entre céu, inferno e Deus foi feita entre 1981 e 2007. O estudo revela que quem acredita no céu comete mais crimes por acreditar que será perdoado, obtendo a redenção. Já os participantes que acreditam no inferno, cometem menos crimes, por acreditarem que serão castigados.
O professor Shariff disse: “Isso é uma pista importante sobre os efeitos sobrenaturais de punição e benevolência espiritual”, em declaração ao britânico DailyMail. “A descoberta é consistente com pesquisas que fizemos em laboratório, mas esses resultados possuem maior influência no mundo real”.
Há alguns anos, o professor Shariff publicou um estudo que revelou que universitários eram mais propensos a cometerem infrações e delitos quando acreditavam em um Deus que perdoava tudo do que aqueles que acreditavam em um Deus punitivo.
No ano de 2003, pesquisadores da Universidade de Harvard, descobriram que o desempenho econômico foi melhor em países desenvolvidos, onde as pessoas acreditavam no inferno mais do que no céu. ( JornalCiência )


Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe