segunda-feira, 16 de julho de 2012

Dirigente iraniano acusa Ocidente de provocar seca em seu país

Ocidente é culpado pela seca que afeta o sul do país, diz vice-presidente iraniano
Um vice-presidente do Irão, citado pela agência noticiosa Fars, atribuiu hoje ao Ocidente a responsabilidade pela seca que está a afetar a parte sul do país.
Hassan Musavi, que também dirige a organização iraniana para o turismo e o património cultural, afirmou, durante a apresentação do novo chefe do serviço de meteorologia, que tinha "suspeitas quanto à seca na parte sul do país".
"O mundo da arrogância e do colonialismo [expressão usada pelos dirigentes iranianos para se referirem ao Ocidente] está a influenciar as condições do clima no Irão, através da tecnologia (...) A seca é uma questão aguda e a guerra indireta é completamente evidente (...) Esta seca não é normal", afirmou o vice-presidente.
O Irão tem sofrido várias secas nos anos recentes, em particular no sul, onde nas últimas semanas se têm verificado violentas tempestades de areia, que se abateram sobre várias cidades.
Estas tempestades proveem do vizinho Iraque, onde a desertificação tem aumentado nas últimas duas décadas, o que tem sido atribuído às guerras.
Em 2011, o Presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, acusou países ocidentais de conceberem planos para "causarem secas" no Irão, acrescentando que "os países europeus estão a usar equipamento especial para forçar as nuvens a despejar" a água no seu continente.
Os líderes iranianos acusam com frequência países ocidentais, liderados perlo seu arqui-inimigo Estados Unidos, de conspirarem de muitas formas para minar a República Islâmica e impedir o seu desenvolvimento económico e científico.

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe