quarta-feira, 23 de maio de 2012

Vaticano torna públicas normas da Igreja sobre fenômenos sobrenaturais e supostos milagres

Vaticano quer evitar os falsos milagres
O Vaticano tornou públicas as normas da Igreja sobre aparições e outros fenómenos sobrenaturais. Estas normas que visam evitar os falsos milagres foram estabelecidas em 1978 mas eram mantidas secretas ou, pelo menos, nunca tinham sido publicadas por um órgão oficial da Igreja.
As normas foram publicadas hoje no site da Congregação para a doutrina da fé ( http://www.doctrinafidei.va/ ) e, para já, ainda não estão traduzidas em português. No entanto, o documento intitulado "Normas para proceder ao discernimento de pressupostas aparições e revelações" pode ser lido em latim, inglês, francês, espanhol, italiano e alemão.
O documento é acompanhado por um prefácio do cardeal William Levada, justificando a publicação das normas. E lembrando as palavras proferidas pelo Papa Bento XVI, em 2008, em relação ao significado das "revelações privadas": "O critério para julgar a veracidade de uma revelação privada é a sua orientação para o próprio Cristo. Se nos afasta dele, então certamente não provém do Espírito Santo."
O documento prevê critérios positivos e negativos para encarar o milagre, como, por exemplo, avaliar o equilíbrio psicológico do indivíduo que testemunhou o milagre, a sua história individual, e integridade e a ausência de vantagens materiais ou de comportamentos considerados desviantes. A publicação destas normas, espera o cardeal, irá ajudar os padres que são os primeiros a contactar com os testemunhos de aparições e revelações e que têm de decidir qual o seguimento a dar ao caso. ( DN )



Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe