quarta-feira, 23 de maio de 2012

Anão vinha com papo "esotérico" e dizia que era "xamã" para dopar e violentar mulheres crédulas

Anão abusou sexualmente de várias mulheres
Um homem de 48 anos foi preso e acusado de abusar sexualmente várias mulheres, em Madrid, depois de as sedar com uma droga potente. O homem, de baixa estatura, fingia ser curandeiro e levava as mulheres para sua casa.
Há cerca de uma semana, o caso começou a ser desvendado quando uma mulher denunciou que acabara de sofrer abusos sexuais e que estava consciente de que o seu relato era de difícil compreensão.
A vítima explicou que estava no centro de Madrid quando foi abordada por um homem portador do Síndrome de Acondroplasia - tipo mais comum de nanismo, cujas pessoas portadoras são popularmente conhecidas como anões.
O indivíduo não suscitou qualquer suspeita à mulher, por se encontrar numa zona movimentada e ter uma aparência frágil. Usou uma linguagem esotérica e fingiu ser um curandeiro.
O suspeito deu um jornal à mulher, que começou a sentir-se muito relaxada e instável. Essa progressiva falta de perceção da realidade por parte da vítima levou-a a acompanhar o agressor até sua casa.
A mulher recorda que o homem bebeu algo e a obrigou a beber o mesmo. Foi-se sentindo cada vez mais relaxada até perder a noção do tempo, ainda que se mantivesse consciente.
Durante o tempo em que ambos permaneceram na casa, o suspeito abusou da mulher várias vezes.
Os agentes começaram uma investigação e descobriram vários fóruns online que alertavam para a existência de uma pessoa pequena que abusava sexualmente de jovens.
Acredita-se que, devido à sua inferioridade física, o homem terá sedado as vítimas com uma substância poderosa - o "burundanga" - que anulava a vontade das vítimas.
Os agentes suspeitam que muitas das vitimadas não tenham sequer apresentado queixa com vergonha da situação.
O homem acabou por ser identificado e preso em casa. ( JN )






Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe