sábado, 10 de março de 2012

União Europeia não quer "Hijoputa" como marca registada

O pedido de registo da marca "Hijoputa" foi rejeitado por ser considerado injurioso e contrário aos bons costumes europeus.
O Tribunal Geral Europeu recusou esta sexta-feira o registo de uma marca de aguardentes com a expressão "Hijoputa", por considerar que a palavra é injuriosa e ofensiva, sendo "contrária aos bons costumes de uma parte da União Europeia.
A normativa sobre marcas da UE exige que se chumbem registos de marcas que sejam contrárias à ordem pública e aos bons costumes.
Segundo o jornal "El Mundo", o recurso que enviou para o tribunal da União Europeia, a destilaria espanhola da região das Astúrias, Federico Cortés del Valle S.L., que tinha pedido o registo da marca "Hijoputa" para as suas aguardentes, alegou que o público a quem se dirige a bebida "percebe perfeitamente o tom jocoso do nome" e não o considera ofensivo.
Curiosamente, a mesma destilaria, tem atualmente outras bebidas em circulação com nomes semelhantes como, por exemplo, "De puta madre". Em espanha existem outras marcas com nomes que podem ser considerados ofensivos para alguns mas que gozam de grande popularidade e são um sucesso de vendas. ( DN )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe