segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

"Isso é Brasil!" ( 2 )

Como já ficou demonstrado num post anterior, expressões como "Isso é Brasil!" sempre são precedidas ou sucedidas por besteiras inomináveis, ou seja, pura merda.
Mas, o que fazer, então? "Isso é Brasil!" já caiu no gosto popular. Quer fingir ser alguém "indignado", honesto, "revoltado-com-a-situação-pela-qual-passa-o-Brasil"? Um cidadão de bem, em suma?
Mmmm. É bem difícil. Geralmente basta parecer. As pessoas gostam de simulações dramáticas e teatrais, mais conhecidas por "fingimento".
Mas, apesar de tudo, a citada expressão ( é um "aposto"? ) não cairá em desuso tão cedo. Tem certa durabilidade atemporal, ao contrário de "Uma brasa, mora!" e outras frases datadas.
Como sugestão inicial, que tal substituir os palavrões que você profere sempre que algo ruim acontece, por "Isso é Brasil"?
Digamos que você dê uma baita duma martelada no dedo:
- Amor, cuidado com esse martelo, que você não tem prática...
- Já sei, amor, ja seeeeiii.
( PLOFT! )
- AHHHHHHH- AIAIAIAI!!
- Que foi?
- Nada, não!!!! - geme, quase cagando nas calças - ISSO É BRASIIILLL!
No lugar, claro, de "Puta que o pariu!"
A esposa continua, orgulhosa:
- O que eu gosto em você, amor, é essa sua legítima preocupação cidadã, essa sua politização articulada e consciente!
- UGH!

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe