quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Emissora arma polêmica sobre estupro em horário nobre para subir ibope de seu hit cultural

A Globo se aproveitou de um suposto caso de estupro ocorrido dentro da casa do “Big Brother Brasil” para dar uma turbinada nos índices de audiência do programa. Um participante, Daniel, acabou expulso. Já o diretor do BBB12 havia dito antes que tudo o que acontecera entre Daniel e Monique foi “consensual”.
Big Brother: Pedro Bial considera suposto estupro como “infração” e diz “Show tem de continuar”A Rede Globo se aproveitou de um suposto caso de estupro ocorrido dentro das instalações do “Big Brother Brasil” para dar uma turbinada nos índices de audiência do programa.
Dois participantes do reality show, Monique e Daniel, estariam envolvidos no caso. Após uma festa, Daniel teria feito sexo com Monique enquanto ela dormia, o que pode configurar um abuso.
Durante a segunda-feira, Monique, que pode ter sido vítima de um estupro, foi “interrogada” pela produção do programa e mantida ainda assim dentro da casa para que todos, que pagassem, pudessem ainda assistir à sua entrevista. Todos os assinantes do canal por assinatura Pay-per-view (que mantém as câmeras do programa ligadas 24 horas por dia) que assistissem à TV naquele momento, poderiam ouvir as declarações da participante.
Nenhuma informação sobre o que está sendo discutido fora da casa, ou até mesmo as gravações das câmeras com as cenas foram disponibilizadas para ela.
Ou seja, Globo, diante da possibilidade de ter havido um estupro durante o seu principal programa, sustentou por um período de mais de 24 horas a situação. Enquanto o tema era assunto em todos meios de comunicação.
Na noite da segunda-feira (16), após a presença de investigadores da Polícia Federal no Projac (centro de produção da Globo), a emissora emitiu uma nota afirmando que Daniel foi eliminado “devido a um grave comportamento inadequado”.
“Após rigorosa avaliação da Rede Globo, iniciada no domingo de manhã, a notícia foi comunicada ao ex-brother”, continua a nota.
A “rigorosa avaliação” da emissora não deve ter levado em conta a posição do diretor do programa, que antes havia dito que tudo o que acontecera entre os participantes era consensual.
Ou ainda a do apresentador e principal intelectual da Globo na atualidade, Pedro Bial, que considerou a cena uma prova de que o “amor é lindo”.
Já ao anunciar a expulsão do participante, alegou que a ‘direção do programa’ analisou as cenas, verificou que houve ‘infração’, e complementou: “O show tem de continuar”. ( HORA DO POVO )

3 comentários :

Jogos Online disse...

Isso é porque esse BBB - Big Bosta no Brasil tem de inventar algo pra chamar a atenção dos telespectadores para assistir o tal programa.

Andreia Arantes disse...

Bando de desocupados =/

Humberto Capellari disse...

Hehehehe...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe