segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Vírus que ia acabar com a humanidade mas não acabou é transformado em vírus mais mortal ainda por cientistas na Holanda

Cientistas criam o mais perigoso vírus da gripe de sempre
27-11-2011
Foi num laboratório holandês que o virologista Ron Fouchier e a sua equipa trabalharam no H5N1, a mutação do vírus da gripe que ameaçou o mundo com uma pandemia. A investigação conduziu à criação de uma versão do vírus muito mais perigosa que a anterior.
A iminência da publicação do artigo científico que descreve a criação do vírus está a causar polémica entre cientistas e peritos. A versão modificada do H5N1 é, segundo o seu criador, “um dos mais perigosos vírus que se podem criar”. Bastaram cinco mutações para o tornar muito mais contagioso que o seu antecessor.
Receios de que a publicação do estudo possa servir de incentivo a indivíduos que pretendam utilizar o vírus para terrorismo biológico motivaram a intervenção da NSABB (o Conselho de Aconselhamento Norte-Americano para Bio-segurança).
“Não consigo pensar num organismo patogénico tão assustador quanto este. Penso até que o anthrax não é sequer assustador comparado com este vírus”, revela Paul Kleim, o presidente da NSABB.
Apesar de toda a polémica, não existe nenhuma organização que possa impedir a sua publicação. ( SÁBADO )

Nenhum comentário :

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Golpe